Pravda.ru

Desporto

No amistoso o Brasil derrotou a Argentina

03.09.2006
 
No amistoso o Brasil derrotou a Argentina

A Seleção brasileira derrotou Argentina por 3 x 0, neste domingo, no Emirates Stadium, em Londres. Além da vitória sobre o maior rival, o amistoso foi a primeira prova de fogo sob o comando do técnico Dunga. Elano, duas vezes, e Kaká fizeram os gols. "É importante começar vencendo a Argentina, estamos abrindo um novo ciclo", disse Kaká à TV Globo, que começou o jogo no banco de reservas. Ronaldinho Gaúcho, lesionado, não foi nem relacionado.


 A seleção teve uma linha de três meias e apenas um atacante mais à frente. Robinho, mesmo em função que não desempenha normalmente, teve tarde inspirada ao atuar pelo centro do campo, tendo Elano aberto pela direita e Daniel Carvalho pela esquerda.

Entre as implementações táticas do treinador, esta é a que surtiu mais efeito. Por diversas ocasiões, Robinho se aproximou das extremidades e costurou jogadas com Elano e Carvalho. Os laterais pouco apoiaram.
 
 O Brasil começou sofrendo uma forte marcação da Argentina. Porém, isso durou apenas dois minutos. Num lance bonito de Robinho, o atacante deixou Elano na cara do gol. O meia não desperdiçou e mandou a bola para o funda da rede: 1 x 0.

A vantagem deixou o Brasil absoluto na partida. Com bom toque de bola, Seleção envolvia Argentina, que não conseguia jogar. Aos 11 minutos, quase o segundo gol. Elano arriscou da entrada da área e Abbondanzieri defendeu com segurança.

Argentina só foi assustar aos 27. Clemente Rodríguez cruzou da esquerda, Tevez cabeceou e Gomes fez boa defesa. Mas o Brasil ainda era melhor. Dois minutos depois, Daniel Carvalho tabelou com Robinho. O atacante do Real Madrid-ESP recebeu e chutou. Abbondanzieri colocou a bola para escanteio.

No último lance de perigo do primeiro tempo, o Brasil quase foi para o intervalo com uma vantagem maior. Aos 38 minutos, num contra-ataque, Robinho tocou para Cicinho, mas o lateral-direito arrematou mal e a bola saiu pela linha de fundo.

O Brasil veio para o segundo tempo sem alteração. Já Argentina fez duas mexidas. Samuel e Somoza nos lugares de Clemente Rodríguez e Mascherano, respectivamente.

Essas alterações surtiram efeito, tanto que Argentina passou a dominar o jogo. Aos 11 minutos, perdeu uma grande chance. Messi tocou para Lucho González, que ajeitou para Zabaleta. Sorte do Brasil, pois o lateral-direito pegou mal na bola e ela acabou saindo.

Para tentar melhorar, Dunga fez a sua primeira substituição. Aos 13, ele botou Kaká e tirou Daniel Carvalho. Sete minutos depois, Maicon na vaga de Cicinho.

O Brasil voltou a ser o do primeiro tempo. E com 21 minutos, saiu o segundo gol. Fred tabelou com Kaká, que deixou Elano na frente do goleiro argentino. O meia só teve o trabalho de tocar no canto direito: 2 x 0.

Com o jogo tranqüilo, o Brasil passou apenas administrar o resultado e fechou com chave de ouro. Aos 43 minutos, num contra-ataque, Kaká pegou a bola desde o campo do Brasil, passou por Messi, Milito e tocou na saída de Abbondanzieri. Zabaleta tentou tirar, mas ela entrou. Fim de partida: 3 x 0.

BRASIL 3 x 0 ARGENTINA

Brasil
Gomes; Cicinho (Maicon), Lúcio, Juan e Gilberto; Edmilson (Dudu Cearense), Gilberto Silva, Elano (Júlio Baptista) e Daniel Carvalho (Kaká); Robinho (Rafael Sobis) e Fred (Vágner Love).
Técnico: Dunga

Argentina
Abbondanzieri; Zabaleta, Coloccini, Milito e Clemente Rodríguez (Samuel); Lucho González, Mascherano (Somoza), Bilos (Insua) e Riquelme; Messi e Tevez (Aguero).
Técnico: Alfio Basile

Data: 3/9/2006 (domingo)
Local: Emirates Stadium, Londres (Inglaterra)
Árbitro: Steve Bennett (Inglaterra)
Assistentes: David Babski (Inglaterra) e Kavin Pike (Inglaterra)
Cartões amarelos: Robinho, Gilberto Silva e Elano (Brasil). Milito, Riquelme e Aguero (Argentina).
Gols: Elano, aos 2 minutos do primeiro tempo. Elano, aos 21 minutos; e Kaká, aos 43 minutos do segundo tempo.

Fonte: Placar


Loading. Please wait...

Fotos popular