Pravda.ru

CPLP » São Tomé

STP: Tribunal chumba candidaturas

07.06.2006
 

E essa rejeição pode implicar o adiamento das eleições já com data fixada pelo presidente da república.

Uma fonte do tribunal confidenciou ao Pravda, que esta rejeição deveu-se ao facto dessas candidaturas terem dado entrada fora do prazo estipulado pela lei que estabelece 26 de Maio como data limite para a entrega das listas concorrente as seis câmaras distritais em São Tomé (Agua Grande, Lobata, Lemba, Cantaga, Caué e Mé-Zochi) e uma autarquia na região autónoma do Príncipe.

O Supremo Tribunal deverá publicar a acta onde consta essa rejeição ainda esta semana e remeter as respectivas cópias aos órgãos de soberania, prevendo-se que o presidente da republica Fradique de Menezes convoque a realização destas eleições para outra data posterior a 9 de Julho.

Espera-se para esta semana a reacção dos partidos, com excepção, certamente, do partido Acção Democrática Independente, ADI, que já veio a público dizer que não vai concorrer as autarquias locais por entender que o país não reúne condições para poder realizar as eleições autárquicas nem regionais.

Recorde-se que em declarações recentes, e antes mesmo do chefe de estado marcar a data do escrutínio, o líder do ADI, Patrice Trovoada, já havia se manifestado contra, considerando que tais eleições põe em causa os trabalhos da Comissão Eleitoral Nacional, CEN, e faz confusão na cabeça dos eleitores, que saídos recentemente das legislativas (26 de Março) vão participar noutras eleições em 9 de Julho e depois presidenciais alguns dias depois, ou seja em 30 do mesmo mês.

Entretanto, José Rodrigues Cassandra (Tó Zé Cassandra) que durante a campanha para as legislativas, onde concorreu pela lista do movimento Novo Rumo, havia anunciado que é candidato ao cargo do presidente do governo regional do Príncipe parece ser o único que se legalizou junto dos tribunais.

A sua candidatura deu entrada no último dia estabelecido pela lei, mas ainda dentro das horas normais de expediente. Tó Zé Cassandra vai concorrer ao cargo na qualidade de candidato da União para Mudança e Progresso do Príncipe, UMPP, mas tem também o apoio da coligação MDFM/PCD.

As eleições no Príncipe prometem ser bastante disputadas, uma vez que até ao momento são conhecidos vários candidatos, sendo José Rodrigues Cassandra, Zeferino dos Prazeres que pretende, a revelia do seu partido o MLSTP, disputar um novo mandato, o cantor Gilberto Gil Umbelina e provavelmente Jaime Costa que poderá ser candidato do MLSTP apoiado igualmente pelo ADI.

Suahills Dendê

Pravda.ru

STP


Loading. Please wait...

Fotos popular