Pravda.ru

CPLP » Portugal

Caso Madeleine: Família e funcionários do hotel sob suspeita

11.05.2007
 
Caso Madeleine: Família e funcionários do hotel sob suspeita

Ontem (10) a Polícia Judiciária (PJ) tem percorrido os arredores da Praia da Luz, em Lagos, com a foto de três suspeitos: uma mulher e dois homens, vistos numa estação de serviço perto de Lagos.

Comerciantes da Praia da Luz reconstituíram de memória o retrato-robô que a PJ lhes exibiu. Mostra a forma oval da cabeça do suspeito – cabelo liso, risco а direita, franjas afastadas para os lados. Dá a falsa impressão, de tão tosco, que não serve para nada. Mas pode ser fundamental porque, segundo fonte da PJ, permite comparar a cabeça com a de pedófilos referenciados pela polícia britânica. As informações são do «Correio da Manhã».

De acordo com o jornal, os investigadores suspeitam do envolvimento daquele grupo no desaparecimento da menina inglesa de três anos. Os testes periciais ao quarto de onde foi levada a criança revelam entretanto não haver indícios de violência no rapto de Madeleine.

Este facto pode indiciar duas coisas: ou que a menina conhecia o raptor, ou que este poderá ter usado algum produto para adormecer a criança. Por isso, a polícia investigou as farmácias da região com o objectivo de saber se alguém terá comprado éter, clorofórmio ou até um spray usado contra as picadas de peixe-aranha.

A hipótese de Maddie ter sido raptada por uma rede de pedofilia ganha cada vez mais consistência.

Os pais e os funcionários do hotel também estão sob suspeita . Os pais ontem foram interrogados no Departamento de Investigação Criminal da Polícia Judiciária de Portimão. O interrogatório durou cerca de dez horas que causou estranheza, segundo Diário de Notícias.

Tanto mais que, enquanto o casal era ouvido pelos investigadores, o apartamento onde passaram férias até ao desaparecimento da menina voltou ontem, ao fim da tarde, a ser passado a pente fino pelos agentes da PJ e elementos da Polícia Científica, bem como por cães pisteiros de buscas e salvamento da GNR.

 Foram ainda inspeccionados os apartamentos contíguos ao que os McCann ocuparam, bem como todos os que estão à volta, tanto do aldeamento, como em seu redor. Para além do casal, foram ouvidos pela PJ os avós da criança e um casal amigo dos McCann que passa férias no The Ocean Club.

Contactados pelo DN, alguns funcionários do aldeamento sugerem o envolvimento dos pais de Madeleine no seu desaparecimento. A suspeita prende-se, por um lado, com a firme recusa do casal em aceitar o serviço de baby-sitting nocturno que estava incluído no pacote de férias (o serviço da baby-sitter só era solicitado durante o dia) e, por outro, com o facto de na noite em que desapareceu a menina, os pais "não terem saído da mesa para irem ao quarto ver os filhos, enquanto jantavam", ao contrário do que tem sido noticiado desde a primeira hora.

 "Os meus filhos ficam muito bem assim", terá afirmado um dos elementos do casal a um funcionário do The Ocean Club.


Loading. Please wait...

Fotos popular