Pravda.ru

CPLP » Brasil

Violência contra militante de direitos humanos

22.01.2008
 
Violência contra militante de direitos humanos

O advogado João Tancredo foi vítima de um atentado no sábado, 19 de janeiro. Ele voltava de uma reunião em Vigário Geral quando uma moto se aproximou de seu carro e o ocupante disparou quatro tiros na direção de seu rosto. Nenhum deles atingiu João Tancredo.

Por Marcelo Salles


O advogado João Tancredo foi vítima de um atentado no sábado, 19 de janeiro. Ele voltava de uma reunião em Vigário Geral quando uma moto se aproximou de seu carro e o ocupante disparou quatro tiros na direção de seu rosto. Nenhum deles atingiu João Tancredo.


O advogado defendeu com sucesso famílias de vítimas da Chacina da Baixada (2005) e foi um dos responsáveis pelo aprofundamento das investigações da Chacina do Alemão (2007). Teve atuação destacada na presidência da Comissão de Direitos Humanos da OAB/RJ, fazendo com que a entidade voltasse a cumprir o papel de representante, de fato, do cidadão fluminense.


A violência contra militantes de direitos humanos foi mencionada no último dia 10 de dezembro, durante seminário em homenagem ao Dia Internacional de Direitos Humanos, na Assembléia Legislativa do RJ. Na ocasião, o professor da UFRJ Roberto Leher afirmou que, na Colômbia, "militantes de Direitos Humanos estão sendo assassinados na ordem de centenas por ano".


Ato solidário


Nesta terça-feira, 22 de janeiro, haverá um ato público em solidariedade a João Tancredo. Será a partir das 17h, na sede do Instituto dos Defensores dos Direitos Humanos (Rua do Ouvidor 50, 5º andar).

Informações

Tel.: (21) 9250-9594


Loading. Please wait...

Fotos popular