Pravda.ru

CPLP » Brasil

Brasil é o terceiro empreendedor entre países do G-20

20.03.2009
 
Brasil é o terceiro empreendedor entre países do G-20

O Brasil é o terceiro mais empreendedor entre os países que fazem parte do G-20. A taxa brasileira é de 12,02%, atrás apenas da Argentina (16,5%) e do México (13,1%). O dado faz parte da edição 2008 da pesquisa Global Entrepreneurship Monitor (GEM), divulgada nesta terça-feira (17) pelo Sebrae. A pesquisa mede as taxas de empreendedorismo mundial, reunindo dados estatísticos de 43 países.


Os países-membros do G-20 representam cerca de 90% do Produto Interno Bruto mundial e 80% do comércio internacional (incluindo o comércio interno da UE), e 81,24% do total de pessoas empreendendo no mundo. Austrália, Canadá, China, Indonésia, Arábia Saudita e União Européia não participaram da pesquisa.


O País continua com uma TEA superior à média das nações observadas pela pesquisa GEM, que foi de 10,48%. Ao analisar a média histórica do Brasil em relação à média dos demais países participantes da pesquisa, a TEA média brasileira de 2001 a 2008 é de 12,72%, contra uma TEA média de apenas 7,25%. O que faz o brasileiro ser 75,6% mais empreendedor que os outros.


Oportunidade – Segundo a pesquisa, para cada brasileiro que empreende por necessidade, há dois que o fazem por oportunidade. É a primeira vez que ocorre a inversão no número dos que empreendem por oportunidade e por necessidade. O empreendedorismo por oportunidade é aquele em que o empresário inicia uma atividade para melhorar sua condição de vida; já o por necessidade é aquele em que as pessoas empreendem para sobreviver.


O número total de empreendedores no País é de 14,6 milhões, o equivalente a aproximadamente 12% da população adulta. A taxa de empreendedores brasileiros por oportunidade ficou em 8,03%, com cerca de 9,78 milhões de pessoas. Já a taxa de empreendedores por necessidade está em 3,95%, com aproximadamente 4,81 milhões de empreendedores.

Segundo o Sebrae, a mudança no perfil de empreendedores indica que o Brasil caminha para atingir razões observadas em países como os Estados Unidos, onde há 6,86 empreendedores por oportunidade para cada um por necessidade. Na França, segundo a GEM, há 8,35 pessoas que abrem um negócio pela oportunidade para uma que o faz por necessidade.

Pesquisa - A pesquisa GEM é executada há nove anos no Brasil pelo Instituto Brasileiro da Qualidade e Produtividade (IBQP) com patrocínio do Sebrae e do Sesi-Senai, apoio técnico da Universidade Positivo, apoio institucional da PUC do Paraná e coordenação internacional da London Business School, do Babson College e da Gera (pessoa jurídica responsável pela pesquisa GEM). Para avaliar o nível da atividade empreendedora de cada país, entrevistam-se membros da população adulta (18 a 64 anos de idade), selecionados por meio de amostra probabilística de cada país participante. Os empreendedores identificados são classificados conforme seu estágio empresarial, sua motivação para empreender e suas características demográficas. Em 2008, foram entrevistadas duas mil pessoas no Brasil e 124.721 pessoas no mundo.


Com informações da Agência Sebrae de Notícias.

http://www.brasil.gov.br/noticias/em_questao/.questao/EQ779c/


Loading. Please wait...

Fotos popular