Pravda.ru

CPLP » Brasil

O quanto custa criar um filho nos EUA e no Brasil

19.07.2012
 
O quanto custa criar um filho nos EUA e no Brasil. 16927.jpeg

Por Francisco Vianna

Ficou contente com a notícia de que a esposa está grávida? Melhor pensar em ter a grana necessária para pagar o custo que isso vai acarretar...

Segundo o relatório da USDA, uma família da classe média que teve um bebê normal em 2011 pode se preparar para gastar em média 235 mil dólares (quase 300 mil com a inflação projetada) para criar a criança nos próximos 17 anos, o que representa um aumento de 3,5% sobre os cálculos de 2010. Ou seja, os papais felizes, aqui no Brasil, para dar as condições equivalentes a dos americanos, precisarão gastar algo em torno de meio milhão de reais em 17 anos. Isso equivale a algo em torno de 27.500 reais por ano, com cada filho.

Nos "bons tempos" crianças eram baratas de serem criadas e mantidas, quando os pais gastavam algo em torno de da metade disso nos 'anos dourados' de 1960.

Conforme o relatório anual da USDA, "Gastos das Famílias com Crianças", de 2011 (Expenditures on Children by Families, 2011) os gastos com a casa permaneceram os maiores das famílias de classe média dos EUA, em 2011, com média de 141.500 reais ou 30% do custo total ao longo de 17 anos. Os cuidados com a criança e a educação, bem como alimentação e assistência médica e hospitalar foram os itens mais caros para os americanos, atingindo uma média de 18% e 16% do total, respectivamente, no período de 17 anos. As despesas com transporte, cuidados infantis, escola, comida e médico foram os que mais aumentaram de 2010 a 2011.

Como nos anos anteriores, a média anual de despesas aumentou conforme a idade da criança, tanto para a família de um casal como para a maternidade ou paternidade solteira.

QUANTO MAIS SE GANHA, MAIS SE GASTA

Também consistente com os anos anteriores, as famílias em 2011 gastaram mais com os cuidados de crianças na medida em que suas rendas cresceram. Famílias com uma renda menor que 120 mil reais/ano gastarão algo em torno de 238 mil reais com uma criança no período em que ela estiver cursando o segundo grau. Famílias de classe média - que nos EUA são as que ganham entre 60 e 103 mil dólares/ano (ou seja, de 5 a 8.500 dólares/mês) podem esperar gastar em torno de meio milhão de reais ao cabo de 17 anos ou cerca de 250 mil dólares. No topo da pirâmide, as famílias que ganham acima de 103 mil dólares/ano pode esperar gastar quase 400 mil dólares para criar um filho de forma satisfatória até os 17 anos de idade.

A SITUAÇÃO NO BRASIL

Embora, basicamente, as contas sejam parecidas para os brasileiros, no Brasil existe uma ilusão demagogicamente mantida pelo governo de que quem ganha acima de 1.800 reais por mês, pertence à 'classe média'.

Besteira da grossa e que só serve para os cálculos populistas do governo. A classe média real brasileira é a que se situa entre 5.000 e 30.000 reais de ganhos por mês. Os que ganham de 5 a 8 mil reais/mês são chamados de "classe média baixa" e os que ganham de 20 a 30 mil reais/mês são chamados de "classe média alta". Os da apelidada "classe A", ganham acima de 30 mil reais por mês.

Pessoas que vivem com 1.800 a 5.000 reais/mês são pobres e sua pobreza será tão maior ou menor quanto o número de dependentes que têm sob sua responsabilidade. As que vivem com ganhos abaixo de 1.800 reais, são de fato MISERÁVEIS, pois o que percebem no fim do mês mal dá para que consigam se alimentar direito, se locomover, se vestir, etc. E ainda têm que transferir uma boa parte dessa merreca para o governo e esperar (sentado) que este lhe proporcione serviços públicos pelo menos decentes. Os aposentados, por exemplo, em sua maioria estão sendo empurrados para essa categoria social de MISERÁVEIS.

Para Brasília, a classe média começa com quem ganha acima de 1.200 reais/mês. Ou seja, uma piada macabra, pois quem ganha isso mal tem condições para comer e se vestir cuidando apenas de si, imagine se tiver que cuidar de uma criança...

Para o brasileiro, habitante do país com o sexto maior PIB do mundo, pertencer à classe média real (algo mais próxima um pouco da americana) só com varinha de condão ou, então, entrar para a carreira política, começando por tirar uma carteirinha de sócio do PT... Pelo menos, servirá até quando durar o socialismo tupiniquim, que, como qualquer outro, acabará quando acabar o dinheiro... DOS OUTROS.

Blogue luso-brasileiro: "PAZ"

*Francisco Vianna é comentador político e jornalista - Jacareí, Brasil.

http://www.debatesculturais.com.br/o-quanto-custa-criar-um-filho-nos-eua-e-no-brasil/

 


Loading. Please wait...

Fotos popular