Pravda.ru

CPLP » Brasil

Juíza nega para impedir saída do Legacy do país

07.10.2006
 
Juíza nega para impedir saída do Legacy do país

  Até a  noite desta sexta-feira as equipes de resgate já retiraram 90 restos mortais do local do acidente com Boeing 737. A Polícia Civil do Distrito Federal informou  que foram identificadas 29 vítimas.

Os peritos do Instituto Médico Legal (IML) do Distrito Federal trabalharão neste final de semana para identificar os restos mortais de vítimas do acidente com o Boeing 737-800 da Gol que já chegaram a Brasília. A informação é do diretor do ao IML, José Flavio Souza Bezerra, que em entrevista coletiva nesta sexta-feira explicou que dez médicos, entre eles um dentista forense, farão a identificação.


- Nosso compromisso com os familiares é continuar trabalhando no mesmo ritmo. Acredito que em dez a 15 dias estaremos com todos os corpos identificados - afirmou.


Segundo Bezerra, a maioria das vítimas foi identificada pela impressão digital – em apenas um caso foi necessário fazer o exame de arcada dentária.
O diretor do Instituto de Identificação da Polícia Civil, Iverton Batista de Carvalho, que também participou da entrevista coletiva, disse que os peritos estão usando um produto especial para conservar as digitais dos corpos. E que mais dois peritos fazem a coleta das digitais no local do acidente, no norte de Mato Grosso. O material depois é enviado para Brasília, onde é feito o cruzamento das informações e também o trabalho de reconstituição da pele, informou Carvalho.


Também na entevista coletiva, a diretora do Instituto do DNA da Polícia Civil, Claudia Mendes, contou que continuam no IML os corpos de duas crianças menores de três anos. Exames de DNA revelarão, "possivelmente até domingo", a identidade delas.

 
Integrantes da comissão de familiares das vítimas reclamaram nesta quinta-feira de não terem sido informados com antecedência sobre os nomes. A viúva Angelita Rosicler de Marchi disse que ficou sabendo dos nomes pela imprensa, no início da tarde. Segundo ela, isso não estava previsto, pois a comissão de familiares havia combinado com a direção do IML que as informações seriam repassadas inicialmente à Gol, que dispõe de equipe de médicos e psicólogos para dar a notícia aos familiares.

Segundo o diretor do IML, José Flavio Bezerra, 141 pessoas que estavam no avião já estão pré-identificadas por informações fornecidas por familiares. As famílias das outras 14 vítimas fornecerão as informações assim que chegarem a Brasília. A pré-identificação consiste na catalogação de radiografias, históricos médicos e odontológicos, fotografias e informações sobre cicatrizes, tatuagens e objetos pessoais.

Nesta sexta, o marido de uma das vítimas entrou com medida cautelar, mas juíza nega para impedir saída do Legacy do país. E três parlamentares americanos procuraram nesta quinta-feira autoridades dos Estados Unidos, incluindo a secretária de Estado, Condoleezza Rice, para conseguir a liberação dos dois pilotos do Legacy.

Globo


Loading. Please wait...

Fotos popular