Pravda.ru

CPLP » Brasil

Lula : "Jovens atualmente presos “são filhos dos resultados das políticas equivocadas”

05.09.2007
 
Lula : "Jovens atualmente presos “são filhos dos resultados das políticas equivocadas”

Os jovens atualmente presos “são filhos dos resultados das políticas equivocadas” no país, afirmou Luiz Inácio Lula da Silva durante a visita à inauguração das obras de ampliação da Escola Técnica do Senai em Petrolina (PE), nesta terça-feira (04) .

 Em seu discurso, Lula defendeu a importância de os jovens brasileiros aproveitarem “bem” as oportunidades e estudarem, para que possam ter uma profissão. Às meninas presentes na platéia, Lula deixou um recado: “Para a mulher, se formar é quase que a conquista da independência de um país”, de acordo com Pernambuco. com.

 O presidente lembrou tanto de seu passado, quando se formou, em 1963, como torneiro mecânico em um curso do Senai, como dos governos anteriores ao seu. Assuntos polêmicos, como transposição do Rio São Francisco, que margeia a cidade, aumento do quadro de funcionários públicos e o trato da situação do senador Renan Calheiros pelo Conselho de Ética do Senado ficaram de fora.

Ao falar sobre o Senai, que investiu R$ 14 milhões na reforma da escola - atendia 2,2 mil alunos e, agora, passa a atender 6 mil -, Lula preferiu se dirigir aos cerca de 300 alunos que acompanhavam o discurso. "O dia não poderia terminar melhor", disse, chamando para seu lado o representante dos estudantes da unidade, Michel Ferreira da Silva, formado em eletromecânica. "O Senai foi a mudança que eu tive para deixar de ser um trabalhador de salário mínimo."

Sob os olhares do governador pernambucano, Eduardo Campos, e do ministro de Ciência e Tecnologia, Sérgio Resende (que substituiu Campos na pasta), contou que, pouco depois de se formar no curso, foi trabalhar em uma grande montadora de veículos, onde passou a ganhar "mais de dez salários mínimos", porque, "naquela época, torneiro mecânico era top". "Por causa do Senai, fui o primeiro, em uma família de oito (pessoas), a ter carro, a ter geladeira. E fazia hora extra para sustentar meus vícios, para que o salário não fosse afetado."

O presidente, porém, lamentou ter parado os estudos e recomendou aos demais alunos dos cursos a não seguir a experiência. "Hoje, quanto maior a formação, mais chance de emprego você tem", analisa. "E com o crescimento econômico que estamos promovendo, posso garantir que as indústrias vão precisar cada vez mais de mão-de-obra jovem. Em alguns lugares onde há muitas obras, já há falta de profissionais qualificados."

Foi a deixa para ele se lembrar dos governos anteriores ao seu. "Quando a gente vê jovens de 24, 25 anos presos, isso é fruto de políticas econômicas equivocadas, de jovens que não tiveram chances porque a economia estava estagnada", afirmou. "Durante 26 anos, a economia não cresceu, mas agora que tudo começou a dar certo, precisamos formar mais profissionais - e o Senai tem um papel importante neste processo."

Lula também brincou com Michel, dizendo que ele podia, até, virar presidente do Brasil. "Porque, antes, só quem tinha curso superior podia. Era só advogado, engenheiro", disse. "Para mim, uma escola como esta equivale a uma universidade em qualquer outro lugar."

Para o presidente, também é importante que mulheres passem a procurar escolas profissionalizantes. "Para a mulher, ter uma profissão é necessário para ela não ser dependente. Para ela estar casada por gostar de alguém, não por obrigação. Para ela ser mais mulher."
De Petrolina, Lula seguiu de volta para Brasília, por volta das 21h30.


Loading. Please wait...

Fotos popular