Pravda.ru

CPLP » Brasil

Martin Luther King na UFRJ

05.04.2007
 
Martin Luther King na UFRJ

“Martin Luther King e o poder de afirmação da luta não-violenta” é tema de conferência na UFRJ

Refletindo sobre as conquistas políticas – afirmativas e definitivas – catalizadas ao redor e a partir de Martin Luther King e sua metodologia de ação no mundo baseada na tradição gandhiana, o Núcleo de Estudos Transdisciplinares de Comunicação e Consciência (NETCCON) da Escola de Comunicação (ECO) da UFRJ aprofunda sua linha de investigação na qual a questão é como superar na Teoria da Comunicação e da Cultura e na Filosofia Política a dicotomia entre a não-violência e a passividade; entre a não-violência e a lembrança da Pax Romana; e entre a força da vontade e a força do social.

No próximo dia 10 de abril, o tema será abordado em duas conferências, realizadas no Auditório Anísio Teixeira, no campus da Praia Vermelha da UFRJ. A primeira conferência abordará “A questão na Comunicação e na Política” e será proferida pelo professor da ECO/UFRJ e coordenador do NETCCON, Evandro Vieira Ouriques. A segunda conferência – “A questão do entusiasmo na ação: a Shraddha” será proferida por Rubens Turci, Doutor em Ciências Sociais pela Universidade McMaster e mestre em Filosofia pelo IFCS/UFRJ.

Para os autores, é decisivo re-conhecer o poder afirmativo que tem a ação do indivíduo, quando ele domina em si mesmo o processo de formação da vontade (ascendência sobre si; dessasujeitamento) e torna-se assim capaz de negar ao dominador o que ele quer; e é que é igualmente decisivo re-conhecer que a luta não-violenta é muito distinta do pacifismo naif, pois enfrenta a injustiça, porém sem ódio e vingança, saindo assim da roda de fogo da violência.

Entende-se, portanto, que a fonte de referência para a decisão não está na chamada “luta política em si”, mas no conjunto de valores universais que pulsam na autopoiesis e que são capazes de informar de maneira não totalitária (e sim livre, criativa e surpreendente) o vigor da experiência de comunicação e da experiência do político, uma vez que os sujeitos físicos e jurídicos despertem o seu entusiasmo inabalável na possibilidade vida em comum, solidária e amorosa.

São duas conferências, que incluem a projeção de filmes de época sobre Martin Luther King e Mohandas Gandhi. Além de uma realização do Núcleo de Estudos Transdisciplinares de Comunicação e Consciência (NETCCON/ECO/UFRJ), o evento é integrado à 4ª Semana Martin Luther King, da Associação Palas Athena. A entrada é franca.

Serviço

Conferência Martin Luther King e o poder de afirmação da luta não-violenta

Dia 10 de Abril de 2007 – das 9h às 13h. Local: Auditório Anísio Teixeira – Campus da Praia Vermelha-UFRJ – Avenida Pasteur, 250 - Urca – RJ (ao lado da piscina). Entrada Franca. Informações pelo telefone (21) 3873-5156 e 9205-1696 / gb@ufrj.br

conferência 1

A questão na Comunicação e na Política.

Evandro Vieira Ouriques

O ato comunicativo e o ato político são, a rigor, o mesmo. Quando, através do domínio do processo de formação da vontade, não se dá ao dominador o que ele quer, os sujeitos ingressam no estado de cidadãos: em liberdade política, em experiência de comunicação.

Conferência 2

A questão do entusiasmo na ação: a Shraddha.

Rubens Turci

O Bhagavad Gita é o episódio do épico indiano Mahabharata que fala da batalha final entre dois clãs. Indeciso quanto à luta, Arjuna, irmão do herdeiro, pede conselho a Krishna. Surge reflexão única sobre o papel de Shraddha (entusiasmo) na aceitação da luta.

Sobre os autores

Evandro Vieira Ouriques

Cientista político, jornalista e terapeuta clínico, é coordenador do Núcleo de Estudos Trandisciplinares de Comunicação e Consciência (NETCCON/Escola de Comunicação/UFRJ), que conta com o apoio do Programa Avançado de Cultura Contemporânea – PACC/FCC/UFRJ, membro do Núcleo de Pesquisa de Políticas e Estratégias da Comunicação – INTERCOM e membro do Conselho Deliberativo do Núcleo de Estudos do Futuro da PUC. Doutor em Comunicação e Cultura pela UFRJ, completa no momento pós-doutorado em Estudos Culturais no Programa Avançado de Cultura Contemporânea.FCC.UFRJ, do qual é pesquisador visitante. É ainda membro do Global Panel do Projeto Milennium do Conselho Americano para a Universidade das Nações Unidas e conclui pós-doutorado em Estudos Culturais no PACC.FCC.UFRJ. É autor e organizador de cerca de 15 livros e catálogos, entre eles Diálogo entre as Civilizações: a Experiência Brasileira, publicado pela ONU, com apoio da UNESCO, em 2003.

Rubens Turci

Doutor em Ciências Sociais pela Universidade McMaster, mestre em Filosofia pelo IFCS.UFRJ, área na qual tem também bacharelado e licenciatura, o prof. Rubens é ainda engenheiro químico. De 2001 a 2006 foi professor na McMaster de Teoria e Prática da Não-violência, Estudos da Saúde, Tradição Religiosa da Índia, Religião Popular da Índia, Tradição Chinesa, Visão Comparativa da Morte e do Morrer e de Vida, Obra e Ensinamentos de Gandhi. Hoje é pesquisador associado do Núcleo de Estudos Transdisciplinares de Comunicação e Consciência (NETCCON.ECO.UFRJ). É autor do livro Aprendendo através da pedagogia da dor (Litteris, 1998) e de artigos em suas áreas de especialidade.

Fonte: www.consciencia.net


Loading. Please wait...

Fotos popular