Pravda.ru

CPLP » Brasil

Funcionários da Varig procurem emprego em companhias internacionais

03.07.2006
 
Funcionários da Varig procurem emprego em companhias internacionais

 Muitos funcionários da Varig   comecem a procurar  emprego, principalmente em companhias internacionais ,  por causa  da incerteza sobre o futuro dessa empresa  aérea brasileira. 

Ontem, a Emirates Airlines, com sede em Dubai, nos Emirados Árabes, iniciou processo seletivo de comissários de bordo em São Paulo, comunica a Agência Estado. Dos cerca de 50 candidatos - a maioria deles recém-formados - 15 trabalham na Varig. Havia uma funcionária da Gol e três da TAM.

As comissárias Heloísa Harumi, Ana Paula Lira e Jaqueline Costa - as duas primeiras com 6 anos de Varig e a outra com 8 - aproveitaram o domingo de folga e saíram do Rio para fazer o teste em São Paulo. As três continuam trabalhando, mesmo com os salários atrasados. “Se a gente parar, a empresa pára”, disse Heloísa.

A empresa dos Emirados Árabes, fundada em 1985, começou a recrutar em 2004 comissários e pilotos no mundo inteiro. A companhia está dobrando a frota atual de 92 aeronaves e precisa de funcionários. No Brasil, a seleção de comissários ganhou força este ano. Segundo a diretora internacional de recrutamento de comissários de bordo, Rejane Yacyshyn, os brasileiros são muito bem treinados.

Aqui, eles passam por seis intensos meses de curso. Lá, são semanas. Desde fevereiro, 45 brasileiros já se mudaram para Dubai. Pelo menos 12 deles são da Varig. O salário inicial oferecido é de US$ 1,5 mil, podendo chegar até US$ 2 mil, com os adicionais pelas horas de vôo.

A Emirates Airlines atende 83 destinos em 57 países. No Brasil, atua apenas no transporte aéreo de cargas.


Loading. Please wait...

Fotos popular