Pravda.ru

CPLP » Angola

Angola e RASD estreitam relações

11.08.2010
 
Angola e RASD estreitam relações

O Presidente da República Árabe Saharaui Democrática, Mohamed Abdelaziz, terminou hoje uma visita oficial à República de Angola, a convite do seu homólogo angolano, o Presidente José Eduardo dos Santos

No decurso da visita, o Presidente da RASD manteve encontros com o Presidente de Angola, José Eduardo dos Santos, o presidente da Assembleia Nacional angolana, António Paulo, e com o presidente do Movimento Popular para a Libertação de Angola (MPLA).

As conversações entre os dirigentes dos dois países abordaram a cooperação em diversos domínios, as relações bilaterais e os últimos desenvolvimentos da questão do Sahara Ocidental.

À margem da visita, os membros da delegação saharaui tiveram reuniões com os seus homólogos angolanos.

A visita foi ocasião para a República de Angola afirmar o seu pleno apoio ao povo saharaui e à sua justa luta pela liberdade e a independência, assim como a vontade de contribuir para o desenvolvimento e a troca de experiências entre os dois países em diversos domínios e a coordenação de posições a nível das instâncias internacionais.

Mohamed Abdelaziz foi acompanhado na visita por uma importante delegação que compreendia os ministros dos Negócios Estrangeiros e da Defesa, respectivamente, Mohamed Salem Ould Salek e Mohamed Lamine Bouhali, o ministro da Cooperação, Baba Salec, o subscretário de Estados dos Negócios Estrangeiros responsável pelos Assuntos Africanos, Mohamed Yeslem Beissat, a Secretária de Estados para a Prevenção Social e a Promoção da Mulher, Mahfoudha Mohamed Rahal, Bachir Sghair e Abdati Breika, conselheiros junto da Presidência da República, os embaixadores da RASD em Angola e nas Ilhas Comores, Louchaa Ahmed e Hammad Ahmed Yahya e, ainda, Mohamed Doueihi, responsável de missão no MNE da RASD.

Angola reafirma compromisso e apoio à causa do Sahara Ocidental

Por sua vez, a secretária de Estado da Cooperação de Angola, Exalgina Gambôa, reafirmou hoje em Luanda, o compromisso do seu país em apoiar o povo do Sahara Ocidental, para que este possa alcançar a sua autodeterminação.

Exalgina Gambôa, acrescentou que o seu país está disposto a apoiar o governo do Sahara Ocidental para que as diferentes resoluções, entre as quais as da ONU, sejam realmente aplicadas.

“Vemos que, depois de vários anos, as resoluções das Nações Unidas não estão a ser aplicadas, o que provoca prejuízos enormes ao povo saharaui”, afirmou.

Por sua vez o ministro da Cooperação da RASD, Baba Salec, afirmou que o encontro serviu para estudar formas de cooperação, amizade e solidariedade entre os dois povos.

Afirmou que neste momento a direcção saharaui está empenhada no processo de negociações entre a Frente Polisario e o Governo de Marrocos sob os auspícios das Nações Unidas, cujo representante pessoal do SG da ONU, o embaixador norte-americano Cristopher Ross, prepara neste momento uma quinta ronda de negociações.

Actualmente a RASD é reconhecida por mais de 80 Estados, entre os quais Angola. A República Saharaui foi admitida na Organização de Unidade Africana em 1982, e é membro fundador da União Africana, organização que sucedeu à OUA.

Notícia elaborada com base no serviço da SPS

Divulgada pela Associação de Amizade Portugal – Sahara Ocidental


Loading. Please wait...

Fotos popular