Pravda.ru

Negόcios

Petrolífera BP se retira da Rússia

23.07.2008
 
Petrolífera BP se retira da Rússia

Petrolífera BP se retira da Rússia , escreve hoje (23) o diário Kommersant, ao comentar a decisão de revocar os últimos funcionários que esta multinacional britânica tinha na empresa conjunta TNK-BP.

Os acionistas russos desta entidade, Alfa Group, Access e Renova, mantinham um prolongado conflito com seus homólogos britânicos exigindo, entre outras coisas, a rescisão de contratos com executivos expatriados , cada um das quais custa para empresa um milhão de dólares por ano.

A parte britânica optou por retirar os últimos 60 técnicos de um total de 148 que tinha TNK-BP, no momento do início “das intenções de obstruir seu trabalho na Rússia”.

 Eles seguirão trabalhando para BP em outras regiões do planeta “onde sua experiência e conhecimentos tenham demanda e sejam avaliados devidamente” , em particular em Azerbaijão, Oriente Próximo e Golfo de México, consta  um comunicado,  emitido ontem por mencionada empresa.

 A disputa entre ambas partes ainda continua nos tribunais , mas BP acredita que o processo “se desenvolve a um ritmo muito lento” e gera a impressão de que “ em um futuro próximo cessarão dificilmente estes e outros intenções de obstaculizar o trabalho dos técnicos”.

A retirada do pessoal estrangeiro desde TNK-BP é uma vitória de pouca importância para os acionistas russos da empresa . Expertos locais lembram que o conflito dentro da petrolífera russo britânica se centra em torno aos problemas da estratégia corporativa e a gestão do dia a dia.


Loading. Please wait...

Fotos popular