Pravda.ru

Negόcios

UNICEF, Gates contra pólio em Angola

22.01.2011
 

UNICEF e Fundação Gates unem forças para apoiar os esforços de Angola a erradicar a pólio

LUANDA, 21 de Janeiro de 2011 --- A Fundação Bill e Melinda Gates e o UNICEF anunciaram hoje que Anthony Lake, Director Executivo do UNICEF e Tachi Yamada, Director do Programa Global de Saúde da Fundação Gates vão chegar esta semana em Angola, onde o Executivo está apostado em renovar os esforços para interromper a expansão do vírus da pólio, centralizado em Luanda.

A visita do Dr. Yamada e o Dr. Lake tem como objectivo estimular os esforços do Executivo Angolano para interromper a transmissão da pólio no país, aumentando a cobertura vital de imunização. Como consequência da Guerra que assolou o país, o Executivo tem enfrentado vários desafios, incluindo a massiva emigração rural para as zonas urbanas que enfraqueceu os serviços de saúde e saneamento, e criou a possibilidade para a expansão da pólio.

Em 2010, 32 pessoas contraíram a pólio em Angola, uma reviravolta decepcionante, quando em 2004, Angola celebrava três anos consecutivos livre do vírus e o país mantinha-se preparado para ser declarado livre da pólio. Mas em Maio de 2005, a doença retornou e rapidamente espalhou-se para a Namíbia (2006), República Democrática do Congo (2006, 2008 e 2010), e para a República do Congo Brazaville (2010).

Esta sequência de eventos mostra que a criança permanece em risco em todo o lugar, enquanto a transmissão da pólio não for interrompida a nível global.

"Todo novo caso de pólio é uma tragédia pessoal, e todo novo caso é um retrocesso na nossa luta global para derrotar esta doença paralítica, e mortal," disse Anthony Lake. "UNICEF está comprometida a apoiar os esforços de Angola para acabar com a transmissão do vírus mortal da pólio, assegurando que todas as crianças sejam vacinadas."

Durante a sua estada em Luanda, Dr. Lake e o Dr. Yamada vão manter encontros com membros do Executivo Angolano e com parceiros no combate a pólio, para instar um maior envolvimento a todos os níveis da sociedade. Vão discutir também, como apoiar os esforços nacionais para interromper a transmissão do vírus.

Como parte da missão, vão visitar famílias, voluntários e trabalhadores de saúde em áreas peri-urbanas de Luanda, visitar a linha da frente na luta contra o vírus e observar que acções as comunidades estão a tomar.

"Nós apoiamos o Executivo tendo em conta que se compromete a reforçar o programa da pólio no país e caminha para o alcance de uma Angola livre da pólio," disse Dr. Yamada. "Vencer contra a pólio pode igualmente, criar condições para salvar a vida das crianças Angolanas de todas as doenças preveníveis com vacinação "

****


Em adicional, imagens em alta resolução e vídeos em b-roll estão disponíveis gratuitamente em www.thenewsmarket.com/unicef

 


Loading. Please wait...

Fotos popular