Pravda.ru

Negόcios

COFECON realiza 606ª Reunião Plenária

05.04.2008
 
COFECON realiza 606ª Reunião Plenária

Por Manoel Castanho (*)

A reunião começou na quarta-feira (2), na própria sede do COFECON. Neste momento todos os conselheiros federais presentes se apresentaram e o mesmo fizeram os colaboradores. Em seguida o presidente Pepeu Garcia apresentou uma nova sala criada no imóvel (na foto, às costas do presidente) e ressaltou a importância do lugar (tanto da sala como da sede do COFECON) como sendo "o espaço do conselheiro federal".

A reunião prosseguiu durante a tarde, após a audiência pública. Depois de aceitar as justificativas de ausência dos conselheiros faltantes, os conselheiros falaram sobre a importância da participação massiva no Senado pela manhã. O conselheiro Marcus Moreschi chegou a propor um voto de louvor pela participação do presidente Pepeu Garcia e do presidente da Ordem dos Economistas do Brasil, Francisco da Silva Coelho.

A seguir, o presidente Pepeu Garcia nomeou uma comissão para cuidar especificamente do PLS 658/07 , composta pelos conselheiros Antônio Cláudio Ferreira Lima, Maria Dirlene Trindade Marques, Antonio Melki Junior, Wilson Roberto Vilas Boas Antunes, Suely Salgueiro Chacon e pelo presidente do CORECON-PA, Sérgio Roberto Bacury de Lira.

Depois de alguma discussão a respeito do regimento interno do COFECON, o conselheiro Paulo Roberto Lucho propôs também a criação de uma comissão para tratar do assunto - o que foi aprovado. A mesma será composta pelos conselheiros Marcus Moreschi (coordenador), João Manoel Barbosa, Idelbrando da Rocha Menezes, Martinho Azevedo, Pedro Andrade, Gustavo Fanaya e Humberto Vendelino Richter.

Na Comissão de Gestão e Planejamento Estratégico, o conselheiro Martinho Azevedo falou sobre a necessidade de mudanças no Programa de Cargos e Salários (PCS). Ainda nesta discussão, foi aprovada a desvinculação do cargo comissionado de procurador chefe a funcionários efetivos. O último debate do dia foi sobre carteiras profissionais, em que se discutiu a possibilidade de adotar um modelo em PVC.

A reunião prosseguiu no dia seguinte, depois do café da manhã e debate com o ex-presidente do COFECON Dércio Garcia Munhoz. A discussão mais acalorada do dia foi sobre o processo eleitoral do CORECON-SE. O relator do processo, Teobaldo Contente Bendelak, apresentou um parecer no sentido de anular a eleição. Mas o conselheiro sergipano Lion Rodrigues Schuster (foto) pediu a palavra e falou sobre uma ação judicial que buscava a anulação da eleição, mas que foi julgada improcedente. Schuster pediu votação nominal e, após a mesma, o parecer do relator foi derrotado, homologando assim a eleição realizada em Sergipe.

Outras decisões tomadas neste dia foram revogar a intervenção no CORECON-PE e tornar efetivos os conselheiros suplentes André Luiz de Miranda Martins (PE) e Maria Dirlene Trindade Marques (MG), uma vez que os cargos de conselheiro efetivo destes estados estão vagos.

A última discussão foi a respeito da empresa de software Implanta, cujo programa é utilizado pelo sistema COFECON/CORECONs. A proposta aprovada em plenário foi de negociar um termo aditivo de seis meses para que o COFECON possa analisar a proposta e elaborar uma licitação.

A próxima reunião plenária deverá ser realizada em Belém, nos dias 25 e 26 de abril.
__________________________________________
(*) Jornalista do COFECON

Fonte: www.cofecon.org.br


Loading. Please wait...

Fotos popular