Author`s name Timothy Bancroft-Hinchey

Estudo de Impacte Ambiental (EIA) da Barragem do Tua

Para “Os Verdes” adiamento do estudo de impacte ambiental da barragem do Tua por mais um ano traduz a razão dos defensores do Tua

O Partido Ecologista “Os Verdes” considera que o adiamento por mais um ano da entrega do Estudo de Impacte Ambiental (EIA) da Barragem do Tua, do qual depende a decisão final de licenciamento da Barragem, tornado hoje público pela EDP, é prova que o Estudo que foi apresentado pelo Governo relativo a este empreendimento no quadro do Plano Nacional de Barragens era leviano e pouco sustentado.

“Os Verdes” consideram ainda que este adiamento do processo deixa clara a intenção do PS de fugir a uma tomada de decisão sobre a questão, que tem levantado tanta polémica, por motivos eleitoralistas, ou seja, com a aproximação de eleições autárquicas e legislativas não querem carregar o ónus político de uma decisão que prejudica a região e as populações. Sendo que é cada vez mais ampla e pública a rejeição da Barragem e a simpatia pela manutenção da Linha tanto no seio da população da região, como em todo o o país.

Esta informação não deixa também de ser considerada pelos “Os Verdes” como uma primeira vitória de todos aqueles que se têm empenhado na defesa deste belíssimo e valioso património natural e cultural e é, sem dúvida, uma excelente notícia no momento em que se comemoram os 121 anos da Linha do Tua, que “Os Verdes” assinalaram com uma audiência com a Secretária de Estado da Cultura, na passada segunda-feira, na qual salientaram o valor histórico-cultural desta Linha ferroviária.

“Os Verdes”