Pravda.ru

Notícias » Federação Russa


Inteligência Militar russa informa sobre 3 mil militares georgianos mortos

16.09.2008 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 
Inteligência Militar russa informa sobre 3 mil militares georgianos mortos

As fontes da Inteligência Militar russa informaram ontem (15) que pelo menos 3.000 militares georgianos morreram na agressão desencadeada no mês passado de agosto contra Ossétia do Sul e durante a operação para impor a paz  à Geórgia, levada a cabo pela Rússia.

“Segundo as informações de diversas fontes , o Exército da Geórgia e outros unidades armadas dessa república perderam até 3.000 elementos em consequência do ataque contra Ossétia do Sul”, indicaram as fontes russas , segundo Ria-Novosti.

“ Os dirigentes georgianos tratam de ocultar o número real de suas perdidas humanas e anunciaram a morte de cerca de 70 militares. Mas, o número de mortos é cem vezes mais alto”, destacaram as fontes.

Além disso muitos militares georgianos desertaram do Exército e “se encontram em busca pela polícia”. Segundo os dados do Estado Maior Geral das Forças Armadas da Rússia , morreram em conflito 64 militares russos e 323 resultaram feridos. Ao amanhecer, no dia 8 de agosto o Exército georgiano invadiu o território da Ossétia do Sul e atacou a capital Tskhinvali com artilharia pesada , lança-mísseis múltiplas “Grad”, tanques, bombardeiros e franco-atiradores que dispararam contra a população civil.

Em consequência da agressão , Tskhinvali ficou praticamente destruída , o número de mortos entre a população civil supera 1.600 pessoas, segundo a administração sulosseta. A operação militar foi realizada pela Rússia em prazo de 5 dias com reforços recebidos ( cerca de 10.000 soldados e centenas de unidades do material bélico).

 
1696
Loading. Please wait...

Fotos popular