Pravda.ru

Notícias » Mundo


Iraque: Administração favorece Ba’atistas

19.12.2003 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

O Partido Operário Comunista do Iraque reclama contra a administração do Iraque, apoiada pelos EUA, que favorece Sindicatos pró-Ba’atistas sobre outros que foram vítimas de discriminação durante o período do governo de Saddam Hussein.

Durante este período, os Sindicatos Ba’atistas (conhecidos por Sindicatos Amarelos) suprimiram os operários, explorando-os em muitas maneiras, por exemplo utilizando os Sindicatos como centros de recrutamento para enviar soldados à frente durante a guerra Irão-Iraque e os líderes destes sindicatos apoiavam as forças de segurança que fizeram exemplo daqueles que recusaram ir.

O governo Ba’atista também alterou a palavra “trabalhador, operário” para “oficial” e depois disse que não havia um classe operário no Iraque, onde o direito à greve, de associação e liberdade de expressão não existiam.

Contudo, agora, membros dos Sindicatos Ba’atistas, como Karim Hamza e Jammel Al-Jabouri, da Federação Geral dos Sindicatos do Iraque, estão sendo galardoados pela administração apoiada pelos EUA em especial e pela comunidade internacional em geral, como heróis nacionais, falando em reuniões internacionais em nome de todos os operários do Iraque.

As tentativas dos outros sindicatos apoiados pelo Partido Operário Comunista do Iraque e pelo Partido Revolucionário dos Operários, para exigir direitos para os trabalhadores, estão sendo ignoradas e as tentativas de distribuir literatura informativa estão a ser suprimidas.

Os operários do Iraque depressa formaram o Sindicato dos Desempregados, Conselhos de Trabalhadores e outras organizações que produziram uma agenda radical para defender os direitos e liberdade dos operários.

O Sindicato dos desempregados tem 130 000 membros. Seus líderes resistiram o governo Ba’atista e sofreram as privações inerentes nas suas acções. “São estes os verdadeiros representantes do Iraque”, disse Houzan Mahmoud, do Partido Comunista Operário do Iraque à PRAVDA.Ru, acrescentando que “O Partido Operário Comunista do Iraque está tentanto restabelecer (autoridade) em nome da solidariedade dos operários…Promover este tipo de pessoas que tem a sangue dos operários do Iraque nas suas mãos é uma vergonha”.

Provavelmente, Washington tem outra agenda pré-definida, que não inclui os desejos do Partido Comunista Operário do Iraque, nem dos operários iraquianos, nem do povo iraquiano mas sim, certas figuras que têm seus dedos em certos botões, seja quem, ou o quê, forem.

Timothy BANCROFT-HINCHEY PRAVDA.Ru

 
2592
Loading. Please wait...

Fotos popular