Pravda.ru

Notícias » Desporto


UEFA 2008: Alemanha 3 Portugal 2

19.06.2008 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 
UEFA 2008: Alemanha 3 Portugal 2

Basileia: Perder com a Alemanha nos quartos-de-final de um campeonato UEFA não é vergonha, muito menos a jogar como Portugal jogou. A perder por duas bolas a zero (Schweinsteiger 21’, Klose 25’), Portugal chegou a reduzir para 2-1 antes do intervalo (Nuno Gomes 40’) e pressionando, deixou Alemanha chegar aos 3-1 (Ballack 61’), antes de Hélder Postiga marcar o 3-2 (86’).

Aos 25’, Alemanha já vencia por 2-0, golos por Bastian Schweinsteiger (terminando uma jogada entre Klose, Podolski e Ballack) aos 21’ e Miroslav Klose aos 25’ (golo de cabeça da sequência de livre de Schweinsteiger).

No entanto, Portugal não baixou os braços, continuou a trabalhar e principalmente, concentrar-se, e chegou o golo aos 40’. Deco (excelente) levou a bola da defesa, Cristiano Ronaldo correu na ala esquerda, a bola bateu na perna do defesa alemão Mertesacker, o capitão português Nuno Gomes estava em posição, rematou…Metzelder tentou o corte mas não conseguiu impedir a bola de entrar na rede. 2-1.

Aos 45’, Alemanha ameaçou – Philipp Lahm passou ao Michael Ballack, a entrar com velocidade na área, mas o guarda-redes Ricardo estava firme.

Portugal saiu depois do intervalo com determinação. Ainda no minuto 45’, Deco serviu Raul Meireles, que chutou ao lado. Aos 58’, Pepe cabeceou ao lado de uma distância de 3 metros e a resposta alemã foi fatal. Pepe cometeu falta contra Klose na direita. Schweinsteiger fez o ponta-pé livre e Ballack, servindo-se de um empurrão gratuito ao defesa português Paulo Ferreira, encontrou espaço para marcar o 3-1 de cabeça.

O quarto árbitro serve para quê?

Portugal começou daí a pressionar mas não necessariamente a criar perigo, até ao minuto 86 quando Nani rondou três defesas alemães e serviu Hélder Postiga. Golo de cabeça 3-2. Nos últimos oito minutos (90 + 4) Portugal não conseguiu quebrar a defesa resoluta dos alemães, que demonstraram aquela certidão, incisão e eficácia que separa as excelentes equipas das muito boas. No caso de Portugal, muito boa mesmo.

Olga KUZNETSOVA

PRAVDA.Ru

 
2206
Loading. Please wait...

Fotos popular