Pravda.ru

Notícias » Angola


RÚSSIA: EMBAIXADOR DE ANGOLA LANÇA APELO AO EMPRESARIADO RUSSO PARA INVESTIR NO PAÍS

12.05.2003 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

Numa cerimónia realizada na sala de imprensa da Embaixada de Angola na Rússia, o diplomata deu a conhecer que o Parlamento Angolano aprovou recentemente um pacote de instrumentos legislativos que , na sua especificidade, visam disciplinar e regulamentar a monitorização da actividade económica e comercial no território nacional, definindo os direitos e deveres dos agentes económicos nacionais e estrangeiros.

Dentre esses diplomas o Embaixador Ngongo destacou a lei de bases do investimento privado, que tem como objectivo criar um regime legal mais atractivo, contemplando procedimentos simples e úteis para os potenciais investidores, sobretudo a protecção do funcionamento do mercado, garantir a eficácia entre o sector privado e o estatal, estimular a poupança interna, atrair investimentos e impedir a fuga de capitais.

Acrescentou que a luz da nova lei estão totalmente isentos do pagamento de direitos aduaneiros os investimentos de capital entre os 50 a 250 mil dólares que tenham como objectivo a criação de pequenas empresas. Tais investimentos beneficiarão de um período de graça de 15 anos de impostos industriais.

Realçando as relações entre Angola e a Rússia, o Embaixador Ngongo argumentou que “com a paz instaurada no nosso país, e com todo este conjunto de medidas que o nosso Governo tomou sobre o investimento em Angola, julgo estarem criadas as condições para o Governo russo, o seu empresariado, começarem a apostar em Angola, pois, para além de sermos um país promissor, os nossos interesses cruzam-se há quase meio século, quando a ex-União Soviética apoiou o nosso povo a libertar-se da opressão colonial e abriu as portas dos seus institutos, das suas universidades, das suas escolas e academias militares para a formação de quadros angolanos”.

De viva voz Roberto Leal Monteiro enfatizou que “é tempo, pois, dos empresários russos começarem a reocupar o mercado deixado vago pelo desmoronamento da URSS, já não numa base ideológica, mas, numa base de busca de mercado onde possam ter garantia de benefícios bilaterais”.

A terminar a sua intervenção o Embaixador Roberto Leal Monteiro “Ngongo” informou que Angola, com o apoio das Nações Unidas, está a preparar a realização de uma Conferência Internacional de Doadores, em Bruxelas, não só para mobilizar recursos para uma assistência humanitária, mas, também, para angariar investimentos que venham a ser aplicados em projectos de reconstrução do país, tendo convidado o governo e o empresariado russo a participarem no evento.

Por sua vez, o Director do Departamento África do Ministério dos Negócios Estrangeiros da Federação da Rússia, Alexandre Makarenko, enalteceu a conquista da paz em Angola e referiu que os dois países têm muitas tarefas conjuntas a desenvolver no quadro das relações bilaterais. “ Estas tarefas não são fáceis. Mas, estamos muito confiantes nos seus êxitos”, sublinhou o diplomata russo.

Embaixada da Angola Moscovo

 
3126
Loading. Please wait...

Fotos popular