Pravda.ru

Notícias » CPLP


Campanha mobiliza sociedade para recolher informações sobre desaparecidos políticos

29.09.2009 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

Durante dois meses, será veiculada uma campanha nacional para mobilizar a sociedade a reconstruir a história do País durante o período 1964 a 1985. De responsabilidade do governo federal, a campanha teve início no último domingo (27) e busca sensibilizar pessoas e organizações a doarem documentos relativos à política brasileira, durante os governos militares, ao Arquivo Nacional, que abrigará todo o acervo. Dessa forma, será possível resgatar informações sobre um importante período brasileiro e sobretudo contribuir para a localização de corpos de mais de 140 desaparecidos políticos.


A mobilização é direcionada a toda a sociedade, mas com segmentação para o público jovem e formadores de opinião. A campanha, de utilidade pública, está estruturada em torno de três filmes. Nos próximos dois meses eles serão veiculados em TV aberta, no formato de 30 segundos, e TV por assinatura, de 60 segundos.


Os filmes contêm depoimentos de familiares dos desaparecidos políticos Rubens Paiva, Fernando Santa Cruz, Dinaelza Santana Coqueiro e Vandick Reidner Pereira Coqueiro. Por se tratar de um tema sensível, que aborda a morte de brasileiros que lutaram por um País democrático, e da dor daqueles que não tiveram o direito de enterrar os corpos dos familiares, optou-se por um olhar autoral na realização dos filmes. Três cineastas foram convidados a participar do projeto: Cao Hamburguer, Helvécio Ratton e João Batista de Andrade.


Os comerciais de rádio, anúncios de revista e jornal, peças de internet e cartazes servirão de apoio à mobilização. O investimento total dessa campanha é de R$ 13,5 milhões.


Colaboração - Os interessados em colaborar ou se informar sobre o tema poderão acessar o sítio Memórias Reveladas: www.memoriasreveladas.gov.br. Neste ambiente, há orientações sobre os procedimentos para efetivar o registro de informações ou a doação de documentos ao Arquivo Nacional, especialmente aqueles relacionados à morte ou à localização de corpos de desaparecidos políticos. O sítio traz, ainda, informações sobre o período de 1964 a 1985, como a censura aos meios de comunicação e manifestações artísticas, a repressão ao movimento estudantil e operário. Além disso, estão abertos ao público fotos e documentos já catalogados pelo Arquivo Nacional.

Fonte: Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República

 
2426
Loading. Please wait...

Fotos popular