Pravda.ru

Notícias » Negόcios


Rússia convidou três empresas portuguesas para construir novas auto-estradas

05.10.2007 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

A Rússia convidou três empresas portuguesas - a Brisa, a Lena Construções e a Novopca - para participarem nos concursos para a construção e exploração de novas auto-estradas, a concessionar entre o final deste ano e início do próximo, disse ao Diário de Notícias  o conselheiro comercial da embaixada russa em Lisboa, Igor Zolkin. E se as empresas estiverem interessadas em formar consórcios com parceiros locais para concorrerem às novas concessões, a sua a participação pode chegar aos 50%, adiantou aquele responsável.

Contudo, a obra prioritária é a da construção do troço entre Moscovo e o aeroporto da capital russa, de cerca de 50 quilómetros, e que deverá representar um investimento da ordem dos 800 milhões de euros, adiantaram ao DN fontes das empresas portuguesas.

Este troço constitui a primeira fase de execução de uma auto-estrada que ligará Moscovo a Sao Petersburgo, com um total de mais de 800 quilómetros. Quem ganhar esta primeira concessão estará numa posição de vantagem relativamente às próximas etapas de execução daquela que será uma das maiores rodovias da Rússia, diz Igor Zolkin.

Segundo este responsável, antes da visita de José Sócrates a Moscovo, em Maio passado, a Brisa já tinha sido contactada pelas entidades russas, no sentido de participar nestes concursos, e o primeiro ministro português foi informado, na altura, deste interesse. A Brisa foi, aliás, uma das empresas que integraram a comitiva empresarial que acompanhou o chefe do Executivo na sua visita à Rússia.

As novas vias serão concessionadas por 30 anos, referiu, "e em algumas destas concessões gostaríamos muito de contar com a participação da Brisa, que tem uma larga experiência no negócio".

Já a Novopca e a Lena Construções só foram convidadas recentemente, ou seja, há algumas semanas. São precisamente as duas empresas que têm entrado em vários projectos em associação com a Brisa.


Contactado pelo DN, o director- -geral da Novopca, António Maia, confirmou que a empresa tinha recebido o convite para participar nos concursos e disse que está interessada em estudar as várias oportunidades existentes.|

 
2206
Loading. Please wait...

Fotos popular