Pravda.ru

Desporto

Estádio montevideano de «Belveder» comemora um século

23.12.2008
 
Pages: 12

Na segunda metade do time local, vai marcar mais um gol. O Domingo Rebagliatti chuta para o gol e o goleiro Otero do Dublin não consegue segurar a bola até que o H. Rebagliatti aproveita e chuta gritando o segundo gol do Wanderers.

A vitória acabou do lado do Wanderers pois fez bem mais que o rival. O jogo não foi de grande qualidade nem provocou agitada.

O transporte disponível para atingir o alvo do estádio ficou por conta da empresa «La Transatlántica» que encaminhou maior quantidade de unidades com destinos marcados como 1 E, 15 E e 16 além daquele que tinha o cabeçalho «Belveder».

Nessa data e horário, jogavam-se mais quatro partidas.

Bristol 0 x Peñarol 1 no Estádio de Punta Carretas (o Jornal El Día informa que foi no Estádio do River Plate).

River Plate F. C. 4 x French 3 no campo do Oriental na Rua Garibaldi. O jogo acabou antes dos 90 minutos pois o árbitro percebendo que ninguém dava atenção às apitadas dele acabou indo embora.

Quanto ao River Plate F. C. trata-se do «berço» do atual Club Atlético River Plate mas fica claro que não é o mesmo time pois foi fundado o 09 de Maio de 1932.

Colón 1 x Oriental 2 no campo do Montevideo. Houve empate 1 x 1 até que no tempo suplementar o Oriental conseguiu aumentar o resultado.

Montevideo 4 x Central 3, tendo mais 30 minutos de tempo suplementar pois tinha acabado 3 para cada lado.

O Nacional de Montevidéu sem jogo marcado para essa rodada do «Torneio Competência» organizou um jogo de confraternização no Estádio Grande Parque Central perante os argentinos do Club Atlético San Isidro.

Com a TENFIELD proprietária dos Direitos do futebol uruguaio na tevê e tendo o Enzo Francescoli como parte da Diretoria e ex jogador do Montevideo Wanderers além de compartilhá-la com mais alguns ex jogadores internacionais uruguaios como o Nelson Daniel «Tano» Gutiérrez e Heber Revetria, amplamente conhecido no Brasil, o PRAVDA acredita na possibilidade de montar este jogo homenagem para o Estádio «Belveder» na data precisa.

Quanto tem a ver com o Liverpool houve um outro homônimo no futebol uruguaio, no mínimo em 1906 e foi o Liverpool Athletic Club sendo que o Titan Football Club nasceu perto da atual sede, naquele antigo 68 da rua Continuación Agraciada.

O destaque de hoje localiza-se na Rua Julián Laguna 4401(ex Continuación Agraciada) perto da Avenida Carlos María Ramírez (antiga Rua Rumo ao Cerro) que une os bairros Belvedere e Cerro.

O dia 04 de Julho de 2009 não vai ter apenas a primeira comemoração da Independência dos EUA com o Obama com terno de Presidente senão que acreditamos que haverá uma outra lembrando-se daquele esporte inglês da gema que os uruguaios «xerocaram» de jeito ótimo no início do século e até o decênio de 1960 e bem mais ainda do Estádio «Belveder» que teria que ser o grande destaque desse sábado 04 de Julho.

Chutamos forte e enxuto para os Presidentes e Conselhos dos times Wanderers, Liverpool e da Associação Uruguaia de Futebol. Ou seja, os senhores Guillermo Raggio, José Luis Palma e Dr. José Luis Corbo. Seguraram a bola? Agora façam um gol de placa fazendo progredir esta sugestão que é para deixar o futebol uruguaio sempre primeiro no pódio.

O PRAVDA agradece à senhora María Gallo – Secretária do Liverpool (www.liverpoolfutbolclub.com) e o senhor Claudio Pagani – Gerente do Montevideo Wanderers.

Correspondente PRAVDA.ru

Gustavo Espiñeira

Montevidéu – Uruguai

Pages: 12