Pravda.ru

Sociedade » Cultura

Explode coração: O Carnaval montevideano estourou na Avenida 18 de Julio

30.01.2011
 

Quinta 27 de Janeiro deu início mais um Carnaval montevideano. O desfile inaugural teve como principais destaques 48 turmas típicas curtindo e movimentando a cidade e a população. Inúmeros turistas vindos do mundo inteiro ficaram "apavorados" pelo espetáculo e no caso dos homens tirando fotos com os mulherões destaques da passarela na prévia. O desfile envolve no eixo de 75 mil pessoas, que poderíamos chamar de fãs.

O primeiro grupo carnavalesco abriu o desfile ás 20.40 h desde a Praça Independência pela Avenida 18 de Julho até a própria Prefeitura de Montevidéu e no decorrer de dez quarteirões compartilharam suas alegrias com os torcedores localizados nas duas beiras da avenida e como acontece a cada ano, agüentaram tudo quanto possa imaginar...só que nesta edição, foi bem-vinda a água que foi jogada acima deles pois o clima esteve quente demais fora que o início foi em paralelo com a pôr do sol.

Quinze júris distribuídos para julgar por categorias localizaram-se nalguns cantinhos da avenida, poderíamos dizer que ás ocultas com os participantes carnavalescos tentando surpreendê-los sempre na cimeira do agir seja qual for o ponto. Desta forma o espetáculo garante uniformidades e extrema qualidade no decorrer do roteiro todo.

As camarinhas da tevê estiveram ao vivo desde o começo até próximo o encerramento no eixo das 3 da madrugada. Como acontece faz alguns anos na hora que a emissão pela tevê aberta é responsabilidade do Canal 10, a voz oficial dessa rede e ator, Humberto De Vargas chefiou a transmissão junto com um dos jornalistas que mais conhecem do Carnaval Uruguaio, o advogado Marcelo "Chelo" Fernández. Eles no pódio, lá cima vistoriando tudo quanto ia acontecendo e com angular bem mais amplo. Na própria avenida, os repórteres foram o Iñaqui Abadie, que criou fama no final de 2010 requebrando o corpão e dançando a música "Pan-Americana" e Mariana Romano.

Quanto aos turistas, nos últimos dias o Porto de Montevidéu acabou recebendo quatro grandes navios de prazer. A distância do Porto até a Praça Independência é de uns dez quarteirões sendo que os turistas podem andar pelo roteiro turístico montado pela Prefeitura de Montevidéu pegando o novo Calçadão Pérez Castellanos (do lado do Mercado do Porto) e logo o Calçadão Sarandí até a própria Praça. Fica claro para o Ministério de Turismo e Esporte, quanto é importante a vinda desse tipo de turistas, porém, os calçadões ficam protegidos sempre pela Polícia Turística que faz o convívio deles com a Cidade Velha de Montevidéu bem mais tranqüila e saudável.

Quase com certeza que ficando de olho naquele grande produto CARNVAL que de jeito maravilhoso vende o Brasil para o mundo todo, o Carnaval Montevideano como produto turístico em si próprio foi aprimorando-se a cada ano. Naqueles segmentos que a verba influencia muito para atingir um grandíssimo produto como os carretos gigantes que transportam os grandes destaques ainda está longe daqueles verde-amarelos que são únicos. Quanto tem a ver com as fantasias dos carnavalescos e fora que o desenho e criação envolvem uma graninha boa na procura do tal aprimoramento, esse segmento tem progredido muito nos últimos anos sendo que é bom remarcar que com "trocadinho" apenas, as pessoas responsáveis dos vestuários fazem magia e acabam concretizando grandíssimos produtos nessa área.

Mas tem outros sub-segmentos que a verba não é tão importante para que a vitrine deste carnaval montevideano seja cativante para o olhar dos turistas e torcedores na rua e no mundo pelas emissões das redes ou até pela própria net. Trata-se das dançarinas, dançarinos e destaques, na grande maioria mulherões tipo violão que no final acabam dando brilho ao evento, tornando-o internacional. Com o dedo apontador acima das mulheres vedetes dos Carnavais do passado, elas foram violões sendo mocinhas pois á medida que a vida ia mergulhando dentro delas, atingindo os trinta anos iam virando gordinhas e até obesas. Logo com esses pneus contornando a antiga cinturinha voltavam na avenida sacudindo as barrigas (quem sabe como elas conseguiam) e ás vezes mostrando aquele umbigão com orgulho.

Felizmente mudou tudo. As mulheres que anseiam ser grandes vedetes e talvez destaques do carnaval curtem muita academia no decorrer do ano e com investimento mínimo conseguem se mostrar para o mundo cativantes. Os dedos indicadores dos fotógrafos não param de bater naqueles botões das camarinhas e os fachos das câmaras da tevê pousam acima dos "violões" com cheirinho de picanha mal-passada acima da grade. Delícia mesmo!!! Até os próprios homens que gostam curtir o carnaval como dançarinos, nem todos são viados na atualidade, vendem uma imagem ótima como parte do produto Carnaval. Mulheres no eixo dos sessenta anos jogam aquele chapéu de penas coloridas acima da cabeça, sobem os biquínis pequenos nos laterais dos quadris e tiram brilho dos seios querendo seduzir os olhar de todos. Conseguem claro!!! Parabéns pelo esforço no decorrer de doze meses na procura desse burilar constante deste produto chamado de Carnaval.

O carnaval montevideano, possui cinco categorias, MURGAS, NEGROS LUBOLOS, PARODISTAS, HUMORISTAS e REVISTAS, salientando que as duas primeiras exprimem cultura uruguaia da gema e as outras três são espetáculo que com alterações mínimas poderiam apresentar se num teatro qualquer do mundo. Com certeza que MURGAS e NEGROS LUBOLES também, só que são espetáculos cativantes para o próprio turista, entendendo ou não os textos do show.

Rainhas, temos três...Rainha do Carnaval, Rainha das Chamadas e Rainha das Escolas de Samba...que acabou de cair no cardápio faz muito pouco tempo e caso progredir ia ser apenas pela beleza da música carnavalesca brasileira que acaba inserindo-se neste carnaval montevideano.

Baseados nestes comentários compartilhamos a classificação do Desfile do Carnaval montevideano segundo cada categoria.

MURGAS

1 ) La Trasnochada - 183 pontos.

2 ) Metele que son Pasteles, 171.

3 ) La Bolilla que Faltaba, 168.

4 ) La Cofradía, 167.

5 ) La Gran Muñeca.164.

6 ) La Clave, da cidade de San Carlos (Maldonado), 159.

7 ) Curtidores de Hongos, 156.

8 ) Diablos Verdes, 153.

9 ) La del Estribo; 153.

10 ) La Nueva Milonga, 151.

11 ) Falta y Resto, 150.

12 ) Momolandia, 147.

13 ) A toda Costa, 146.

14 ) Araca la Cana, 145.

15 ) La Yapa, 145.

16 ) La Lunática, 144.

17 ) A contramano, 141.

18 ) Agarrate Catalina, 143.

19 ) La Margarita, 143.

20 ) La Mojigata, 141.  

21 ) Ecos de Camión, 141.  

22 ) La Selección, 135.

23 ) La Gran Siete, 135.

24 ) La Soñada, 127.

Prêmios em Reais: 1 ) R$ 2.900; 2 ) R$ 1.990; 3 ) R$ 1.290; 4 ) R$ 1.050; 5 ) R$ 715;

REVISTAS

1 ) Feelings, 184.

2 ) La Compañía, 171.

3 ) Madame Gótica, 153.

4 ) Aquelarre, 152.

Prêmios em Reais: 1 ) R$ 2.560; 2 ) R$ 1.640; 3 ) R$ 1.050.

PARODISTAS

1 ) Los Muchachos, 176.

2 ) Zíngaros, 175.

3 ) Caballeros, 161.

4 ) Galileos, 147.

5 ) Momosapiens, 143.

Prêmios em Reais: 1 ) R$ 2.560; 2 ) R$ 1.640; 3 ) R$ 1.050.

LUBOLOS

1 ) Tronar de Tambores, 202.

2 ) Yambo Kenia, 184.

3 ) Sarabanda, 184.

4 ) Mi Morena, 173.

5 ) C 1080, 169.

6 ) Senegal, 160.

7 ) Serenata Africana, 159.

8 ) Oni Shangó, 147,

Prêmios em Reais: 1 ) R$ 3.500; 2 ) R$ 2.675; 3 ) R$ 1.640 e 4 ) R$ 1.050.

HUMORISTAS

1 ) Cyranos, 179.

2 ) Los Virgilios, 172.

3 ) Los Chobys, 170.

4 ) Sociedad Anónima da cidade de San José, 168.

5 ) Los Carlitos, 167.

6 ) Los Jockers, 147.

7 ) Los Calmantes da cidade de San José, 147.

Prêmios em Reais: 1 ) R$ 2.560; 2 ) R$ 1.640; 3 ) R$ 1.050.

Melhor Diretor Cênico: Rafael Antognazza, R$ 380; Destaque Humoristas: Maurcio "Virgilio" Suárez, R$ 380; Melhor Trilla Murgas: Momolandia, R$ 1.140 (3 pessoas); Melhor Turma Baile (Revistas): Feelings, R$ 380.

O Álvaro Recoba, conhecido ex narrador de futebol, agora de basquete na Rádio Universal e apresentador oficial do Carnaval uruguaio as últimas duas temporadas no Teatro de Verão, "Ramón Collazo" segurando um microfone na hora da saída das turmas da Praça Independência, foi voz do evento veiculizada pelos alto-faltantes da principal avenida montevideana, 18 de Julio.

O desfile inaugural foi apenas a estréia do Carnaval que fica nos palcos montevideanos no decorrer de mais tempo no mundo inteiro. Daqui para frente uns 40 dias que viram noitadas eternas e são muito puxadas para todos os participantes desta festa popular uruguaia ímpar.

A segunda rodada dos desfiles do Carnaval Montevideano, até com mais fãs da imprensa internacional na Rua Isla de Flores são as famosas "Chamadas" que voltam acontecer Quinta 3 e Sexta 4 de Fevereiro no habitat natural desse maravilhoso evento dos tamboris e dançarinas que deram início os NEGROS vindos no século XVIII na hora que tentavam encontrar-se todos num único ponto da cidade, tendo como ferramenta o som dos tamboris que ia aproximando-os. Quarenta e quatro turmas, só da categoria Negros Lubolos vão tomar parte do grande evento do Carnaval Montevideano, distribuídos em duas partes, de 22 cada. Uma vez na vida você precisa curtir "Chamadas" pois é maravilhoso que seja ao vivo e as cores.

Do jeito que salientamos a cada oportunidade, nosso agradecimento para todos aqueles que fazem possível a nossa participação jornalística nos principais eventos uruguaios, neste caso para o Nicolás Galván - Coordenador de Credenciamento de todos os eventos envolvidos com a Prefeitura de Montevidéu, responsável pela montagem do nosso crachá.

Sites de instituições e meios de imprensa carnavalescos

PREFEITURA DE MONTEVIDÉU - DEPTO. CULTURA

www.cultura.montevideo.gub.uy

CX 42 - RADIO CIDADE DE MONTEVIDÉU

www.radiociudaddemontevideo.com.uy

CANAL 10 - SAETA

www.canal10.com.uy

CARNAVAL DEL FUTURO

www.carnavaldelfuturo.com

COLADOS AL CAMIÓN

Gustavo Espiñeira

Jornal Pravda

Montevidéu - Uruguai

 


Loading. Please wait...

Fotos popular