Pravda.ru

Ciência

Dieta protege olhos do sol

23.11.2012
 
Dieta protege olhos do sol. 17606.jpeg

A falta de proteção contra a radiação ultravioleta (UV) emitida pelo sol aumenta em 60% a chance de surgir catarata, doença que opacifica o cristalino do olho e responde pelo maior número de cegueira tratável no Brasil.

Alimentação pode combater radicais livres decorrentes da exposição ao sol, ressecamento dos olhos e má circulação. Oito em cada 10 pessoas desconhecem quais são estes alimentos.

A falta de proteção contra a radiação ultravioleta (UV) emitida pelo sol aumenta em 60% a chance de surgir catarata, doença que opacifica o cristalino do olho e responde pelo maior número de cegueira tratável no Brasil.

De acordo com o oftalmologista do Instituto Penido Burnier, Leôncio Queiroz Neto, este é um dos fatores que explica porque a doença que geralmente aparece depois dos 65 anos, pode surgir bem mais cedo. Outros fatores são as doenças crônicas como, por exemplo, asma, e o uso contínuo de corticóide

A exposição ao sol sem proteção também pode ressecar a lágrima e causar fotoceratite, uma inflamação da camada externa da córnea que provoca vermelhidão e sensação de areia nos olhos.  Outra doença provocada pela radiação UV é a maior causa de cegueira definitiva, a degeneração macular que atinge a porção central da retina.

Para evitar estas doenças, além de óculos com filtro UV o médico diz que é recomendável adotar uma alimentação rica em antioxidantes e outros nutrientes que aumentem a defesa metabólica dos olhos. O problema é que os prontuários de 670 pacientes mostram que 8 em cada 10 desconhecem quais são estes alimentos.

Para que a alimentação tenha efeito protetor nas férias do final de ano, as alterações na dieta devem começar a ser feitas desde já. "Não é de um dia para outro que o metabolismo altera", afirma.

Alimentação saudável

Queiroz Neto afirma que as principais combinações elencadas pelo NEI (National Eye Institute) dos EUA para proteger os olhos incluem uma alimentação com:

- Cereais integrais, amêndoas, amendoim e avelã que funcionam como um bloqueador dos efeitos da luz solar por conterem vitamina E um potente antioxidante que evita a formação precoce de catarata e a degeneração macular.

- Cenoura, abóbora, mamão e goiaba por serem ricos em vitamina A, nutriente essencial para a saúde ocular. O primeiro sinal de deficiência de vitamina A, segundo Queiroz Neto, é a cegueira noturna e o ressecamento dos olhos que causa turvamento da visão. A deficiência também pode causar danos na retina com comprometimento permanente da visão e conjuntivite recorrente devido à queda da imunidade. Para melhorar a absorção é recomendável incluir na alimentação fontes de zinco como: frutos do mar, carne, ovos, tofu e gérmen de trigo.

- Semente de linhaça, sardinha e salmão  que combatem o olho seco por conterem ômega 3, além de estarem associados a um risco reduzido de surgimento e progressão da catarata.

- Folhas verde-escuro, milho, cenoura, nabo que contêm luteína e zeaxantina substâncias encontradas em grande concentração na parte central da retina, a mácula. Protegem os olhos absorvendo o excesso de luz e por serem  antioxidantes,além de evitarem a aterosclerose, acúmulo de gordura nas paredes internas dos vasos oculares.

- Tomate, vinho tinto, frutas cítricas, mirtilo, amora por protegerem os olhos da catarata e degeneração macular pela ação antioxidante da vitamina C além de serem ricos em flavonóides que garantem a boa circulação e saúde dos vasos oculares.

Frutos do mar e castanha do Pará que contém selênio e podem reduzir o risco de degeneração macular quando combinados a alimentos ricos em vitamina E, A e C.

Dieta perigosa

O especialista ressalta que o consumo desses alimentos pode não resultar em boa saúde ocular se for acompanhado do consumo excessivo de açúcar, alimentos ricos em gordura saturada como as carnes bovinas e os derivados de leite. Também deve ser evitado o excesso de sal porque em grande quantidade o sódio pode depositar no cristalino e predispõe à catarata. Por isso, antes de consumir um alimento industrializado a recomendação é checar a quantidade de sódio no rótulo, para tornar a alimentação uma aliada de seus olhos.

 

Eutrópia Turazzi

LDC Comunicação

 

eutropia@uol.com.br


Loading. Please wait...

Fotos popular