Pravda.ru

Federação Russa

Putin: Europeos não podem dar lições à Rússia

24.10.2006
 
Putin: Europeos não podem dar lições à Rússia

A imprensa européia deu conhecimento dos pormenores de uma rixa verbal ao acontecer no jantar final da Cimeira UE com a Rússia. O presidente do Parlamento Europeo, Joseph Borell, apresentou uma lista de queixas ao presidente Vladimir Putin.

 Primeira foi o assassinato da jornalista russa , Anna Politkovskaya. Borell disse que na Rússia com a liberdade de imprensa as coisas vão mal. Depois ele reprochou ao presidente russo a pressão económica e política a exercer Moscovo sobre pequena república Geórgia.

“Nós compramos o petróleo nos paises piores, mas consigo ( com Rússia) queremos juntar-se e por isso é preciso de vocês compartilharem connosco os determinados valores”, concluiu Borell, citado pelo jornal italiano La Stampa.

Os presentes estremeceram , destaca o jornal. Porém, Putin, aparentemente, não se confundiu.

 “Não me venham a dar lições da democracía “, replicou. “Na matéria sobre corrupção paises como Espanha têm muitos prefeitos sob a investigação , como acontece em Marbella."

"E não me falem da máfia russa , porque o berço da máfia é a Itália”, disse. Os primeiros ministros espanhol, Rodríguez Zapatero, e italiano, Romano Prodi, “ficaram sem palavras “, escreve La Stampa.

 O presidente da Rússia afirmou em seguida que quanto à situação na Chechênia e Geórgia, os europeos também não podem dar lições. “ Recordem-se o que vocês combinaram na Yugoslâvia no fim do século passado”, disse Putin.

Pravda


Loading. Please wait...

Fotos popular