Pravda.ru

Federação Russa

Assassinado a tiros mais um banqueiro russo

11.10.2006
 
Assassinado a tiros mais um banqueiro russo

O banqueiro russo, Alexander Plokhin , diretor de uma filial №24 do banco russo Vneshtorgbank , foi assassinado  ontem a tiros em um prédio em que residia em Moscou , informou hoje uma fonte policial da capital russa, citada pela Interfax.

 O assassinato aconteceu às 23.50 horas do horário local, na terça feira, no elevador   no 15º andar do prédio localizado na prefeitura do Sul de Moscou , indicou um porta-voz da procuradoria moscovita.

Plokhin , de 58 anos , morreu em consequência de um tiro na cabeça e a polícia estima que se trata de um assassinato relacionado com as atividades profissionais do banqueiro. È o segundo assassinato dos funcionarios bancários acontecidos na capital russa nos últimos trinta dias .

Em 14 de setembro do corrente, o vice-presidente do Banco Central da Rússia, Andrei Kozlov, morreu em hospital  baleado por um desconhecido quando saia de um clube esportivo em Moscou.

 A filial 24 especializa-se nos serviços aos clientes particulares.

 "O assasinato do diretor da filial do banco Vneshtorgbank –  é o resultado da criminalização da sociedade e não de uma “repartição” do sistema bancária, comentou à Ria-Novosti o presidente da Associação dos Bancos da Rússia ,Gareguin Tosunian.

Pravda.ru


Loading. Please wait...

Fotos popular