Pravda.ru

Federação Russa

Procuradoria Geral russa suspende o caso de Berezovsky

23.01.2007
 
Procuradoria Geral russa suspende o caso de Berezovsky

A Procuradoria Geral russa suspendeu a investigação do caso do multimilionário russo Boris Berezovsky sobre a tomada violenta de poder. O processo foi aberto após uma entrevista concedida por ele em 2006 com declarações referentes a tais intenções.

Segundo o advogado de Berezovsky, Andrei Borovkov, a causa da suspensão é a ausência do figurante do caso na Rússia, noticia Ria-Novosti . Porém a agência não tem a confirmação da informação por parte da Procuradoria Geral.

 Berezovsky atualmente reside na Grã-Bretanha, onde lhe foi concedido o estatuto de refugiado político. A Procuradoria Geral russa insiste na sua extradição, mas a Grã-Bretanha nega.

Entrevistado em janeiro de 2006 pela emissóra de rádio “Eco de Moscovo”, Berezovsky disse estar “trabalhando” na tomada do poder pela força na Rússia. Logo depois dessas declarações , o ministro do Interior da Grã-Bretanha, Jack Straw, advertiu Berezovsky que tais manifestações podiam levar à revisão do seu estatuto de refugiado político.

  Berezovskiy, comentando a decisão da Procuradoria,. declarou a “Eco de Moscovo” que liga a suspensão do seu caso com a investigação do caso de Alexander Litvinenko. “Considerando a intenção da Procuradoria a enviar os investigadores a Londres, acho que deseja demonstrar não haver um outro pretexto para nosso encontro além do caso de Litvinenko”, disse.

 Multimilionário russo ainda declarou que irá responder só às preguntas relacionadas ao caso do ex-agente do FSB (ex-KGB). Alem disso insiste em que o encontro com investigadores aconteça fora da embaixada da Rússia e “agentes da Procutadoria sejam examinados para presença de armas e substâncias infectantes.

 Pravda


Loading. Please wait...

Fotos popular