Pravda.ru

Sociedade » Incidentes

Dezenas de detidos e policiais feridos em protestos no Chile

18.02.2021
 
Dezenas de detidos e policiais feridos em protestos no Chile. 34937.jpeg

Dezenas de detidos e policiais feridos em protestos no Chile

Santiago do Chile (Prensa Latina) No total, 45 pessoas foram presas em decorrência dos protestos ocorridos na véspera nesta capital, classificada como extremamente violenta, segundo o relatório oferecido hoje pelos Carabineros do Chile.

Como acontece quase todas as sextas-feiras, centenas de manifestantes se reuniram na central Plaza Baquedano e também no vizinho Parque Florestal, locais onde ocorreram fortes confrontos com as forças policiais que usaram lançadores de água e gás lacrimogêneo para desalojá-los.

O relatório da polícia indica que entre os detidos, um foi identificado como o autor do incêndio de uma viatura policial no bairro de Bellavista e três pessoas foram flagradas atirando dispositivos incendiários contra os uniformizados. O restante foi liberado ou passado para o controle de detenção, dependendo do grau de envolvimento nas desordens.

 

O relatório oficial não dá conta dos civis feridos, mas indica que 32 policiais ficaram feridos, dos quais dois deram entrada no hospital da instituição em estado grave.

Os manifestantes nos protestos desta sexta-feira exigiram a eliminação da impunidade para os excessos cometidos pelas forças policiais, dos quais o evento mais recente foi a morte de um jovem malabarista de rua na cidade de Panguipulli, na região de Los Lagos, no dia 5 de fevereiro.

O policial, que disparou seis tiros contra ele, foi finalmente libertado e com raízes nacionais porque, na opinião do tribunal, agiu em legítima defesa, embora a família da vítima e o Ministério Público exigissem prisão preventiva enquanto durasse a investigação do fato.

Também nos protestos das últimas semanas, a demanda pela libertação de um número indeterminado de pessoas presas após a eclosão da agitação social em outubro de 2019, a maioria deles jovens, alguns dos quais já estão há mais de um ano sem ser processados ​​pela justiça.

https://patrialatina.com.br/dezenas-de-detidos-e-policiais-feridos-em-protestos-no-chile/

soc