Pravda.ru

Federação Russa

Moscou facilita medidas epidemiológicas contra Covid-19

21.01.2021
 
Moscou facilita medidas epidemiológicas contra Covid-19. 34769.jpeg

Moscou facilita medidas epidemiológicas contra Covid-19

 

Moscou, 21 de jan (Prensa Latina) A prefeitura da capital abrandou hoje medidas epidemiológicas para combater a propagação da pandemia Covid-19, ao permitir a reabertura de museus, bibliotecas, escolas de esportes e áreas de recreação infantil.

 

Segundo o chefe do governo de Moscou, Serguei Sabianin, será permitida a reabertura das escolas esportivas, os playgrounds das crianças voltarão ao seu regime normal e os cartões para viagens subsidiadas dos alunos dessas escolas serão desbloqueados.

Além disso, o ensino à distância em institutos e universidades subordinadas ao governo desta cidade vai até 6 de fevereiro, disse o responsável.

Sabianin também anunciou que o número máximo de público em teatros e cinemas agora aumenta de 25 para 50 por cento de sua capacidade total, enquanto os centros recreativos também podem aceitar metade dos clientes esperados para essas instalações.

Da mesma forma, o trabalho é retomado em museus, bibliotecas e exposições, bem como outras atividades massivas, mas sempre com 50 por cento do público previsto para esses centros.

A prefeitura mantém limitações epidemiológicas para o funcionamento de discotecas, clubes, bares, karaokês, boliche e outros locais semelhantes.

Da mesma forma, é mantida a exigência de pelo menos 30% do pessoal com trabalho remoto de empresas e escritórios nesta cidade, e continua a restrição doméstica para pessoas com mais de 65 anos e com doenças crônicas.

No entanto, a prefeitura prevê o desbloqueio de cartões de transporte subsidiado para pessoas com mais de 65 anos que já estejam vacinadas contra a pandemia Covid-19 com a vacina Sputnik V, a primeira do tipo registrada no mundo.

A Rússia informou neste dia que a Hungria se tornou o primeiro país da União Europeia a aprovar o uso do Sputnik V, com o qual mais de 200.000 pessoas foram injetadas nesta cidade.

Pelo menos 10 países já usam a vacina russa citada para imunizar sua população. A vacinação em massa neste país começou na segunda-feira passada.

mem / to/fav

 

 

 

https://www.prensalatina.com.br/index.php?o=rn&id=37863&SEO=moscou-facilita-medidas-epidemiologicas-contra-covid-19