Pravda.ru

Federação Russa

Rússia venderá drogas contra o Covid-19 para países da América Latina

04.08.2020
 
Rússia venderá drogas contra o Covid-19 para países da América Latina. 33727.jpeg

Rússia venderá drogas contra o Covid-19 para países da América Latina

Moscou, 3 de agosto (Prensa Latina) A Rússia fornecerá sua droga Avifavir a pelo menos sete países latino-americanos, enquanto poderia coordenar uma produção cooperativa com outros estados da região, disse hoje o Fundo Russo de Investimento Direto.

 

Argentina, Bolívia, Equador, Uruguai, Paraguai, Honduras e El Salvador estariam entre os clientes imediatos na região latino-americana para adquirir a preparação mencionada que, de acordo com as autoridades russas, tinha uma eficácia de 90% neste país.

Juntamente com o fundo acima mencionado, as empresas russas Kromis e o grupo farmacêutico JimRar são responsáveis pela produção do Avifavir. Em 29 de julho, eles assinaram um acordo com a empresa boliviana Sigma Corp S.R.L., para o fornecimento de 150 mil unidades do medicamento.

Além disso, o estado sul-americano, onde ocorreu um golpe de Estado em novembro de 2018, receberá a tecnologia para produzir a droga acima mencionada, de acordo com o canal Russia Today.

No final de maio, o governo russo registrou Avifavir, para o qual a medicina japonesa favipiravir foi usada como base, que desde 2014 é usada para o tratamento de certos tipos de gripe grave, disseram especialistas.

Kiril Dmitriev, presidente do referido fundo, declarou em 16 de julho passado que Avifavir tem o potencial para ser produzido em Cuba.

Estamos em contato com nossos colegas cubanos, incluindo aqueles relacionados ao nosso medicamento Avifavir, disse Dmitriev, referindo-se à preparação.

A Rússia está totalmente pronta e disposta a fornecer toda a tecnologia e informações necessárias para iniciar a produção deste medicamento em Cuba, disse o oficial.

Avifavir foi apresentado pela primeira vez em 29 de maio neste país, onde 14.207 pacientes morreram entre 856.264 infectados, dos quais 653.593 ultrapassaram a doença.

Testes realizados em pacientes russos mostraram que o medicamento interrompe os mecanismos de replicação do novo coronavírus, alivia os sintomas e reduz pela metade o tempo de convalescença com a doença em comparação com a terapia padrão.

mem/to/bm

https://www.prensalatina.com.br/index.php?o=rn&id=33090&SEO=russia-vendera-drogas-contra-o-covid-19-para-paises-da-america-latina

 


Fotos popular