Pravda.ru

Notícias » Ciência


Infecções discretas e mais persistentes por Covid-19 na África

27.08.2020 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 
Infecções discretas e mais persistentes por Covid-19 na África. 33868.jpeg

Infecções discretas e mais persistentes por Covid-19 na África

Nairóbi, 26 de agosto (Prensa Latina) Tanto as infecções, quanto as mortes, com Covid-19 na África mostram uma linha de desafio, suave, mais persistente, refletindo a folha ou história do Centro de Prevenção de Doenças (CPE).

 

A entidade informou que o número acumulado de pacientes infectados pelo SARS-CoV-2, causa de uma doença letal, foi de 1.204.600, oito mil 61 nas últimas 24 horas, valor superior a cerca de mil um ano antes.

Nenhum capítulo sobre óbitos, nem relato aponta um cumulativo de 28.274, ou seja, 284 óbitos ocorridos no terceiro, estatística também não enquadrou nenhum curso de doença nos 55 países que compõem a União Africana, grupo regional da qual ou O CPE é parte integrante .

Essa situação é ao mesmo tempo plácida, no curso global da pandemia, em contraste com a da América Latina, que convoca a Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS) para cuidar do aumento de infectados e mortes por causas associadas à Covid19.

A OPAS avisou que desde o início de julho passado ou o número de mortes duplica e expressa preocupação como facto atual as infecções na região do planeta ultrapassam 12 milhões, sete milhões a mais de um mês e ano atrás. Destaca-se também a lista dos 10 países com maior incidência de coronavírus, seis do continente, liderados pelos Estados Unidos, onde os infectados são 5.800.000, seguido pelo Brasil, onde são 3.660.000 infectados.

mem / msl / bj

 

 

https://www.prensalatina.com.br/index.php?o=rn&id=33653&SEO=infeccoes-discretas-e-mais-persistentes-por-covid-19-na-africa

 

 
2170

Fotos popular