Boris Berezovski pagou 50,000 USD pela assistência jurídica a Akhmed Zakaev

Boris Berezovski, empresário russo declarado em procura internacional pela Procuradoria-Geral da Rússia, investiu 50 mil dólares na assistência jurídica prestada ao emissário dos comandos chechenos, Ahmed Zakaev, na Dinamarca - comunicou quarta-feira à RIA "Novosti" Alex Goldfarb, director executivo da fundação "Defesa das Liberdades Civis" criada por Berezovski em 2000, em Nova Iorque.

Ainda antes, o próprio magnata russo comunicou à RIA "Novosti" que continuará a sustentar o emissário checheno durante as audiências forenses em Londres sobre a sua extradição da Grã-Bretanha à Rússia.

© RIAN