Konhukhov rema para recorde

Fiodor Konhukhov chegou ontem à marca que mede a primeira metade da travessia solitária do Oceano Atlântico, que o viajante russo está a efectuar a remo. Com meio caminho andado, tem uma vantagem de três dias sobre o recorde mundial da travessia.

Este recorde foi estabelecido em 2001 pelo remador de nacionalidade francesa, Emmanuel Cuandro. Konhukhov tem mais 1,400 milhas marítimas para remar até atingir o ponto de paragem, nas Ilhas Barbados.

PRAVDA.Ru