Procuradoria geral da Rússia acusou à revelia Boris Berezovski de crime de burla

A Procuradoria-Geral da Rússia acusou à revelia de crime de burla o empresário russo Boris Berezovski que actualmente vive na Grã-Bretanha. O vice-procurador geral da Rússia, Vladimir Kolesnikov, divulgou esta informação em entrevista concedida quarta-feira a jornalistas. Ele especificou que Berezovski é acusado de roubo de carros na Fábrica de Construção Automóvel do Volga (VAZ). O vice-procurador geral espera que "os órgãos judiciários da Grã-Bretanha reajam em conformidade com os tratados internacionais às interpelações da Procuradoria-Geral da FR sobre este caso". Kolesnikov informou também que no decurso das investigações na Fábrica de Construção Automóvel do Volga já foram intentadas mais 20 acções judiciais.

© RIAN