RÚSSIA NEGA VENDA DE ARMAS AO IRAQUE

Na sequência de uma notícia publicada na última edição do The Washington Post, segundo a qual três companhias russas estavam envolvidas no fornecimento de mísseis anti-tanque e de equipamentos militares sofisticados ao Iraque, em desrespeito das sanções decretadas pela ONU, o Ministro dos Negócios Estrangeiros Igor Ivanov fez um desmentido formal.“Nós não vendemos nada ao Iraque, incluindo equipamentos militares, que violasse as sanções”.

A notícia surgiu com base em suspeitas que circulam sobre eventuais violações russas ao embargo decretado ao Iraque pela ONU, tendo o Ministro afirmado que os Estados Unidos têm pedido à Rússia o controlo das vendas ilícitas de material desde Outubro passado, mas que todas as verificações, a últimas das quais feita a 17 de Março, tiveram resultados negativos.

“Nada foi encontrado que justifique a ansiedade americana”, disse Ivanov, acrescentando que se houvesse qualquer indicação nesse sentido, seria necessariamente investigado como uma séria violação da lei russa.

Luis MACIEL PRAVDA.Ru PORTUGAL