Pravda.ru

Notícias » Federação Russa


Associação Iúri Gagárin assinala os 75 anos do fim da guerra

03.09.2020 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 
Associação Iúri Gagárin assinala os 75 anos do fim da guerra. 33914.jpeg

Associação Iúri Gagárin assinala os 75 anos do fim da guerra

AbrilAbril

3 DE SETEMBRO DE 2020

Com uma iniciativa simbólica em Lisboa, esta quinta-feira, a Associação pretende lembrar «o contributo dos soldados soviéticos, determinante para a vitória na Europa e no Oriente».

A Associação Portuguesa de Amizade e Cooperação Iúri Gagárin (antiga Associação Portugal-URSS) explica, no seu portal, que, a 2 de Setembro de 1945, o Japão assinou a capitulação, perante representantes dos países aliados, sendo que, na União Soviética, o dia da vitória sobre o Japão e a celebração do final da Segunda Guerra Mundial são assinalados a 3 de Setembro.

«Hoje, 75 anos depois, a Associação Iúri Gagárin e a Associação Chance+ assinalam a data com uma iniciativa simbólica, em Lisboa, salientando o contributo decisivo dos povos da União Soviética para a derrota do nazifascismo», lê-se no site.

Para evitar a propagação do vírus SARS-CoV-2, os promotores não querem que a iniciativa suscite «aglomeração de pessoas». Deste modo, alguns dirigentes e activistas de ambas as associações estarão hoje num «ponto emblemático» de Lisboa a oferecer aos transeuntes um íman, com a inscrição «1945-2020 Que o Mundo libertado não esqueça!», sobre uma imagem estilizada da icónica fotografia de Evgueni Khaldei, da bandeira soviética a ser içada no Reichstag.

Com o íman, serão entregues um folheto alusivo e uma fita de São Jorge, símbolo presente nas comemorações anuais do 9 de Maio (Dia da Vitória), que as duas associações organizam há alguns anos na Alameda D. Afonso Henriques, em Lisboa, e que este ano decorreram online.

Exposição «Cartazes de guerra e vitória»

Também hoje, no âmbito das comemorações do 75.º aniversário da vitória da URSS e aliados sobre o nazifascismo, a Associação Iúri Gagárin apresenta a exposição «Cartazes de guerra e vitória», em colaboração com a agência federal russa Rossotrudnitchestvo.

A exposição, explica a Associação no seu portal, integra cartazes publicados, entre a segunda metade da década de 1930 e o início dos anos 40, em países envolvidos «no mais sangrento conflito bélico que o mundo conheceu até hoje: Alemanha, Itália, Japão, Grã-Bretanha, Austrália, EUA e União Soviética».

A exposição, editada internacionalmente pela Rossotrudnitchestvo para assinalar o 80.º aniversário do início da Guerra (1 de Setembro de 1939), é constituída por 39 painéis e está acessível através desta ligação.

Exposição e concerto online

Na sua página de Facebook, a Associação Iúri Gagárin informa que «Uma Vitória de todos» - concerto dedicado ao 75.º aniversário do fim da Segunda Guerra Mundial - ficará online esta manhã.

 

Da exposição «O Mundo foi salvo pelo soldado soviético», 75 desenhos de crianças de 75 países

Trata-se de um iniciativa dos coordenadores do movimento «Regimento Imortal» na Rússia, Austrália, Ilhas Maurícias, Panamá, Coreia do Sul, França, Costa do Marfim, Bélgica, Portugal, Sérvia, Turquia, Lituânia, Inguchétia, Chile, Egipto, EUA, Ossétia, Marrocos, Índia e Quirguistão.

Por seu lado, a exposição «O Mundo foi salvo pelo soldado soviético» - mostra de desenhos de crianças de 75 países dedicada ao 75.º aniversário do fim da Segunda Guerra Mundial - estará acessível online.

TÓPICO

 

 

 

 

Foto: Um soldado do Exército Vermelho coloca a bandeira da URSS no telhado de um edifício, numa localidade da Sacalina do Sul (Japão, 1945). Foto do Museu de História do Extremo Oriente VK Arsenev Créditos/ Associação Iúri Gagárin

N3

<<<<<<<<<<<<<<<<< 

 

 

 

 

 

 
5512

Fotos popular