Entre as três vítimas do atentado de Eilat foi um peruano

Uma das três vítimas mortais do atentado desta segunda-feira no balneário israelense de Eilat é um cidadão peruano que imigrou a Israel em 2000, segundo informações da Efe. 

Trata-se de Israel Samolía, de 25 anos, que trabalhava de forma ocasional na padaria atacada por um palestino suicida, confirmaram  fontes da Embaixada peruana em Israel.

Samolía chegou a Israel em 2000, protegido pela Lei do Retorno, que permite a qualquer judeu do mundo se radicar no país e solicitar a nacionalidade israelense.