Espanhois detiveram suposto líder de " Triplo A"

Segundo a Direção Geral da Polícia e a Guarda Civil da Espanha, a detenção aconteceu depois de, nesta própria quinta-feira, a Interpol ter tramitado a ordem internacional de detenção com fins de extradição emitida pela Justiça argentina no dia 20.

Almirón Sena, ex-policial de 70 anos, foi detido pela Polícia em um local que costumava freqüentar em Torrent, localidade próxima à cidade de Valência, onde fora localizado há algumas semanas.

Ele será colocado à disposição da Audiência Nacional para que sua extradição seja tramitada.

A Justiça argentina acusa Almirón Sena de formação de quadrilha e duplo homicídio, e afirmou em sua solicitação de extradição que "a ação penal que nasce dos delitos investigados é imprescritível (...) considerando os mesmos como de lesa-humanidade".

A organização Triplo A é acusada de dezenas de ataques e ameaças que obrigaram artistas e intelectuais a se exilarem.

Depois do golpe de Estado militar de 1976, vários de seus membros fizeram parte dos grupos paramilitares responsáveis por seqüestros e desaparições de pessoas.

EFE