Pravda.ru

Notícias » Desporto


Segunda onda de Covid-19 avança nos EUA com a chegada do inverno e o pouco interesse do governo no enfrentamento

26.10.2020 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 
Segunda onda de Covid-19 avança nos EUA com a chegada do inverno e o pouco interesse do governo no enfrentamento. 34236.jpeg

Segunda onda de Covid-19 avança nos EUA com a chegada do inverno e o pouco interesse do governo no enfrentamento

 

Washington, 25 out (Prensa Latina) Mais de 83 mil novos casos de Covid-19 foram registrados neste sábado pelo segundo dia consecutivo nos Estados Unidos, números recordes desde o início da pandemia, informou neste domingo (25) a mídia local.

De acordo com uma contagem da Universidade Johns Hopkins citada pelo jornal The Hill, cerca de 83.718 casos foram relatados no dia anterior, em meio a uma segunda onda de infecções que avança com a chegada do inverno.

Na sexta-feira passada, os estudos mostraram o maior número de pessoas infectadas com Covid-19 no mesmo dia desde o início da pandemia: cerca de 83 mil, quebrando o recorde anterior de 75.687, informado em julho.

Além disso, cerca de 35 estados do norte do país registraram mais casos novos nos últimos sete dias do que o número das semanas anteriores.

Esse aumento contradiz o 'otimismo' do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, em relação à pandemia.

Como disse no último debate presidencial, na semana anterior, o coronavírus SARS-CoV-2 'está indo embora', além de insistir na reabertura de todo o país.

Embora tenha reconhecido 'alguns picos e altas', ele considerou que a Covid-19 'logo irá embora'.

Depois que os Estados Unidos registraram o maior número de infectados no mesmo dia da última sexta-feira, o presidente tentou novamente minimizar a pandemia.

Trump escreveu em sua conta no Twitter que 'Fake News' fala sobre casos, casos e casos, e isso inclui muitas pessoas de baixo risco.

'A mídia está fazendo todo o possível para criar medo antes de 3 de novembro', disse ele, considerando que mais casos estão sendo registrados porque os testes estão aumentando.

No entanto, os principais especialistas norte-americanos no assunto alertam que a pandemia pode piorar à medida que o clima fica mais invernal e as pessoas passam mais tempo em ambientes fechados, onde o vírus se espalha com mais facilidade.

De acordo com o site do The Hill, a pior das ondas até agora ocorreu no meio-oeste e no oeste dos Estados Unidos.

Os Estados Unidos acumulam neste domingo mais de 8 milhões 831 mil casos e mais de 230 mil mortes relacionadas ao coronavírus SARS-CoV-2, indicam dados do portal digital Worldometer.

 

 

http://www.patrialatina.com.br/segunda-onda-de-covid-19-avanca-nos-eua-com-a-chegada-do-inverno-e-o-pouco-interesse-do-governo-no-enfrentamento/

 

 
3004

Fotos popular