Pravda.ru

Notícias » Desporto


Conquistas e experiências de Cuba em vacinas contra Covid-19

17.02.2021 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 
Conquistas e experiências de Cuba em vacinas contra Covid-19. 34934.jpeg

Conquistas e experiências de Cuba em vacinas contra Covid-19

Havana,  (Prensa Latina) Com o desenvolvimento hoje de quatro projetos de vacinas anti-Covid-19, Cuba pode se tornar o primeiro país da América Latina com um candidato próprio contra a doença a satisfazer a necessidade nacional e de outros povos.

O país pretende imunizar toda a sua população este ano com algumas de suas propostas e para isso vai produzir milhões de doses, conforme anunciado pelos executivos responsáveis ​​pelos projetos.

Soberana 02, do Finlay Vaccine Institute, e Abdala, do Centro de Engenharia Genética e Biotecnologia (CIGB), são as propostas que, pelos resultados, avançam para a fase III dos testes clínicos em março.

 

Por outro lado, Soberana 01, também da Finlay, já apresentou alta segurança na fase I, e se constitui em um possível reforço ideal para imunidade em convalescentes. A fase II / III dos ensaios clínicos com este candidato está programada para começar este mês.

No final de fevereiro, o ensaio clínico com as duas vacinas (Sovereign 01 e 02) está previsto para começar na população pediátrica.

Mambisa, por sua vez, o único dos quatro cubanos candidatos à administração nasal, também foi bem tolerado e mostrou segurança nas pessoas que o receberam durante a fase I de seu ensaio clínico.

Recentemente, a Organização das Nações Unidas para o Desenvolvimento Industrial (ONUDI) especificou que, em um contexto internacional marcado por disputas sobre a distribuição eqüitativa de vacinas e a imunização de alguns contra as demais, os candidatos cubanos poderiam ser uma tábua de salvação potencial para os países em desenvolvimento.

Em meados de 2020, a Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS) garantiu que, uma vez concluídos esses candidatos, também poderão beneficiar os povos da América Latina e do Caribe.

Da mesma forma, durante um encontro virtual entre diretores do Instituto Finlay de Vacinas de Cuba e especialistas da OPAS e da Organização Mundial da Saúde (OMS), essa possibilidade foi mencionada como parte de um espírito de solidariedade entre as nações para garantir o acesso universal à cura contra este coronavírus.

A ONUDI destaca que a pequena nação caribenha está à frente de muitos outros países desenvolvidos na corrida para encontrar de forma rápida e eficaz uma vacina de emergência contra a Covid-19.

Reconhece que essas conquistas são sustentadas por décadas de experiência e investimento nos setores de biotecnologia e farmacêutico, que em seus estágios iniciais de desenvolvimento contaram com o apoio desta organização.

Desde o triunfo da Revolução Cubana em 1959, este país tem investido na formação de mais médicos e criado institutos de pesquisa científica para apoiar o desenvolvimento de uma indústria biofarmacêutica nacional.

A UNIDO colaborou em vários projetos, como a construção de uma fábrica de produtos farmacêuticos desde o final dos anos 1970.

Durante esses anos, a empresa indiana Sarabhai Chemicals também participou, com aquela organização das Nações Unidas, no estabelecimento da primeira fábrica de síntese química em Cuba para a produção de produtos farmacêuticos genéricos.

Também a planta, a Pharmaceutical Company 8 de Marzo, foi projetada por especialistas da ONUDI, equipada com tecnologia indiana e financiada com contribuições daquele país asiático e do Programa de Desenvolvimento das Nações Unidas.

Em meados da década de 1980, colaboraram-se no desenvolvimento de uma versão do próprio país de uma vacina genérica contra a hepatite B e na década de 90 na produção do medicamento anticâncer CIMAher (nimotuzumabe) para o tratamento de tumores de cabeça e pescoço, entre outros cânceres avançados.

Em 2020, a organização das Nações Unidas associou-se ao governo esloveno em uma iniciativa para desenvolver um modelo de negócios com Cuba que vincule a inovação nos setores de biofármacos, medicamentos e nanotecnologia.

Para a ONUDI, o sucesso de Cuba na criação de uma indústria farmacêutica nacional viável demonstra os benefícios que podem ser obtidos por meio de investimentos específicos e com a necessária vontade política; Lições valiosas para a atual crise da Covid-19, acrescenta.

 

 

 

 

 

 

 

 

https://patrialatina.com.br/conquistas-e-experiencias-de-cuba-em-vacinas-contra-covid-19/

n3

 

 

 

 

 

 
5857