Pravda.ru

Notícias » Desporto


Mais luz na França sobre violência sexual no esporte

03.04.2021 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 
Mais luz na França sobre violência sexual no esporte. 35174.jpeg

Mais luz na França sobre violência sexual no esporte

 

Paris, 2 abr (Prensa Latina) A plataforma ativada há um ano na França para denunciar o assédio sexual e os abusos no esporte tem 387 denúncias em mais de 50 disciplinas, foi o que transpirou aqui hoje.

 

A rede Franceinfo garantiu que teve acesso a um relatório que sintetiza os resultados do primeiro ano de disponibilização da ferramenta, antes da publicação do documento sobre o polêmico tema.

Pelo menos 200 formadores, educadores ou agentes supostamente envolvidos em atos de violência sexual já foram suspensos ou encaminhados às autoridades, fenômeno que muitos consideram a ponta de um iceberg, por sua magnitude e décadas de impunidade no mundo todo.

Os casos abrangem cerca de metade das 115 modalidades desportivas, 96 por cento dos relatados são homens, enquanto oito em cada 10 supostas vítimas são mulheres, a grande maioria das quais são menores quando os acontecimentos ocorreram.

O governo francês criou no Ministério do Esporte, em fevereiro de 2020, um grupo encarregado de abordar o tema do abuso sexual e receber denúncias.

A patinadora artística Sarah Abitbol gerou um escândalo e alarmes sobre o fenômeno com a publicação de um livro no ano passado, no qual ela afirma ter sido vítima de estupro várias vezes quando tinha entre 15 e 17 anos, pelo então técnico Gilles Beyer , que ele foi preso no início de janeiro.

As denúncias da medalhista mundial de bronze e sete vezes campeã europeia de patinação no gelo transcenderam sua especialidade esportiva e levaram à adoção de medidas para enfrentar o problema dos abusos sexuais no esporte francês.

agp/wmr/bj

 

 

 

https://www.prensalatina.com.br/index.php?o=rn&id=39903&SEO=mais-luz-na-franca-sobre-violencia-sexual-no-esporte

 

 
2320