Pravda.ru

Notícias » Negόcios


Brasil: Análise das Empresas

30.05.2010 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 
Pages: 123

Estatísticas do Cadastro Central de Empresas – Fonte IBGE

Base: Ano de 2008

Empresas foram responsáveis por 70,3% dos empregos formais e pagaram 62,1% dos salários em 2008

Em 2008, as empresas representavam 88,5% do total das organizações ativas no Cadastro Central de Empresas (CEMPRE), absorviam 73,7% do pessoal ocupado total, 70,3% do pessoal assalariado e 62,1% dos salários pagos no ano. 51,2% das empresas eram comerciais e ocupavam 30,0% do pessoal ocupado total nas empresas. As Indústrias de transformação destacaram-se empregando 27,6% das pessoas e pagando 33,6% dos salários no ano. O salário médio mensal pago pelas empresas foi de 3,1 salários mínimos médios. Do total de 4,1 milhões de empresas ativas, 3,6 milhões ou 88,7% eram microempresas, mas foram as grandes empresas que empregaram 52,5% das pessoas e pagaram 68,3% dos salários.

Em 2008, as entidades empresariais representaram 88,5% das organizações ativas no CEMPRE, 73,6% do pessoal ocupado total, 70,2% do pessoal ocupado assalariado e 61,6% dos salários e outras remunerações pagos. A administração pública representou apenas 0,4% das organizações, mas absorveu 19,5% do pessoal ocupado total, 22,7% do pessoal ocupado assalariado e 31,8% dos salários e outras remunerações. Já as entidades sem fins lucrativos somavam 10,5% das organizações ativas, absorveram 6,7% do pessoal ocupado total, 7,1% do pessoal ocupado assalariado e pagaram 6,6% dos salários e outras remunerações. A análise dos resultados do CEMPRE 2008 baseou-se nas informações das empresas.

Comércio e Indústrias de Transformação foram os destaques

Considerando somente empresas, Comércio; reparação de veículos automotores e motocicletas foi a seção da CNAE 2.0 com maior participação no pessoal ocupado total, 30,0%, e no número de empresas ativas com 51,2%, seguida das Indústrias de transformação com 24,5% do pessoal ocupado total e 10,0% das empresas.

Indústrias de transformação destacaram-se ainda no emprego e nos salários com 27,6% do pessoal ocupado assalariado e 33,6% dos salários e outras remunerações pagos no ano. Comércio; reparação de veículos automotores e motocicletas foi a segunda colocada nessas variáveis com 26,1% e 17,7%, respectivamente.

A terceira maior participação no pessoal ocupado assalariado foi em Atividades administrativas e serviços complementares com 10,3%.

Atividades financeiras, de seguros e serviços relacionados , apesar da pequena participação no pessoal ocupado assalariado, 2,7%, estava entre as três principais seções em participação nos salários e outras remunerações com 7,6%, ficando atrás somente das Indústrias de transformação e do Comércio; reparação de veículos automotores e motocicletas , resultando em um salário médio mensal de 8,6 salários mínimos, que era 2,8 vezes o salário mensal pago, em média, pelas empresas brasileiras no ano, que foi de 3,1 salários mínimos médios mensais.

Comércio Varejista liderava na ocupação, absorvendo 18,4% das pessoas

Somente 20 das 87 divisões da CNAE 2.0 foram responsáveis por 70,7% do pessoal ocupado assalariado e por 59,8% do total de salários e outras remunerações pagos pelas empresas em 2008. As cinco divisões que mais se destacaram, absorvendo cada uma mais de 1 milhão de pessoas ocupadas assalariadas, foram: Comércio varejista (18,4%), Fabricação de produtos alimentícios (5,3%), Transporte terrestre (4,7%), Comércio por atacado (4,7%) e Alimentação (4,0%). Essas cinco divisões juntas absorveram 37,1% do pessoal ocupado assalariado e pagaram 26,2% dos salários e outras remunerações.

Atividades de serviços financeiros pagaram os salários mais altos

Dentre as 20 principais divisões empregadoras, a que apresentou o maior salário médio mensal foi Atividades de serviços financeiros , com 9,6 salários mínimos médios mensais, mas absorveu somente 2,0% do pessoal ocupado assalariado. Em seguida, Fabricação de veículos automotores, reboques e carrocerias pagou 6,4 salários mínimos, e Fabricação de máquinas e equipamentos 4,9 salários mínimos.

Os menores salários médios mensais foram verificados em Alimentação e Serviços para edifícios e atividades paisagísticas (1,5 salário mínimo). Comércio Varejista , que absorveu 18,4% do pessoal ocupado total, pagou 1,8 salário mínimo médio mensal.

Grandes empresas foram predominantes no emprego e nos salários

Das 4,1 milhões de empresas ativas, 3,6 milhões (88,7%) tinham 0 a 9 pessoas ocupadas, denominadas microempresas, mas eram as empresas com 100 ou mais pessoas ocupadas, ou grandes empresas, (28.830, ou 0,7% do total), as mais importantes em pessoal ocupado total (14,3 milhões, ou 43,4%), pessoal ocupado assalariado (14,2 milhões, ou 52,6%) e salários e outras remunerações (R$ 297,0 bilhões, ou 68,1%).

Grandes empresas pagaram mais que o dobro dos salários pagos pelas microempresas

 
Pages: 123
16474