Pravda.ru

Notícias » Negόcios


Bolívia e Argentina aprofundam laços históricos retomando agenda

16.03.2021 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 
Bolívia e Argentina aprofundam laços históricos retomando agenda. 35065.jpeg

Bolívia e Argentina aprofundam laços históricos retomando agenda

 

La Paz, (Prensa Latina) Bolívia e Argentina retomaram a agenda bilateral para aprofundar os laços históricos de fraternidade e cooperação em setores da economia, política, direitos humanos, entre outros, anunciou nesta sexta (12) autoridades diplomaticas de ambos países..

O Ministro das Relações Exteriores, Rogelio Mayta; e seu homólogo argentino, Felipe Solá, assinaram nesta quinta-feira um comunicado conjunto, que inclui 38 temas, sobre a visita oficial deste último que culmina neste dia, revelou a pasta do Estado em sua conta no Twitter.

Mayta e Solá concordaram com a necessidade de criar o Fórum Global para alívio da dívida externa para recuperação econômica e crescimento sustentável nos países em desenvolvimento após os efeitos gerados pela pandemia Covid-19, publicou o diário El Deber.

 

Ressaltaram a pronta conclusão do processo de ratificação do Protocolo de Adesão da Bolívia como membro pleno do Mercado Comum do Sul (Mercosul) e, da Comunidade de Estados Latino-Americanos e Caribenhos (Celac), para promover a agenda regional sob a presidência pro tempore do México neste ano.

A continuidade dos diálogos sobre questões consulares para melhorar o atendimento aos nacionais de ambos os países, facilitar o acesso de cidadãos residentes e não residentes em localidades fronteiriças com a assinatura de um Acordo de Homologação de Passagem de Fronteira foi incluída na nova agenda.

Na área econômica, expressaram a vontade de promover o desenvolvimento da hidrovia Paraguai-Paraná, por meio de um mecanismo no qual abordem os aspectos fluviais e de navegação.

Da mesma forma, o texto revelou o interesse em promover um memorando de entendimento sobre o lítio que permita fortalecer as capacidades de ambos os países, a cooperação nuclear para usos específicos, além de retomar a construção de centros de medicina nuclear e radioterapia na Bolívia.

O documento incluía a coincidência dos chanceleres para que as missões de observação eleitoral da Organização dos Estados Americanos (OEA) atendessem estritamente a critérios técnicos objetivos.

A decisão busca evitar eventos como o ocorrido nas eleições gerais de 2019, quando um relatório preliminar da OEA sobre uma suposta fraude causou uma crise política no país que levou a um golpe contra o ex-presidente Evo Morales.

https://patrialatina.com.br/bolivia-e-argentina-aprofundam-lacos-historicos-retomando-agenda/

 

 
3194