Pravda.ru

Mundo

Duas gêmeas siamesas de dez meses foram submetidas a uma cirurgia de separação

15.06.2006
 
Duas gêmeas siamesas de dez meses foram submetidas a uma cirurgia de separação

Duas gêmeas siamesas de dez meses, Regina e Renata Salinas Fierros, foram submetidas a uma cirurgia de separação nesta quarta-feira, no Hospital das Crianças, em Los Angeles. 

 As irmãs nasceram em 2 de agosto de 2005, em Los Angeles, onde seus pais, Sonia Fierros, de 23 anos, e Federico Salinas, de 36, de Juárez (México), estavam a passeio quando souberam que suas filhas eram siamesas.

"Aparentemente, elas estão se recuperando bem", disse Steve Rutledge, porta-voz do Hospital Infantil de Los Angeles, onde foi feita a operação de separação.As crianças ainda estão  sob anestesia. As gêmeas compartilhavam parte das costelas e o fígado, intestinos, genitais, aparelho urinário e pélvis. Elas se mantinham juntas, uma de frente para a outra, como se estivessem se abraçando.

É um caso raro de siamesas, que só acontece a cada 2,5 milhões de nascimentos, informou à imprensa o médico James E. Stein, pediatra que comandou a operação.

Nos últimos 40 anos, o Hospital Infantil de Los Angeles separou cinco pares de gêmeas siamesas, três delas com sucesso. A última foi conduzida pelo próprio Stein, em 11 de setembro de 2003. 

Segundo os médicos, este era o momento ideal para a operação.

"Seus tecidos e ossos são ao mesmo tempo firmes e maleáveis, além de ter um tamanho razoável, que facilita a sua manipulação", informou o centro médico.

A separação deveria ser feita no primeiro ano de vida, para evitar as seqüelas emocionais que poderiam surgir quando as meninas tivessem mais consciência de sua identidade.


Fotos popular