Pravda.ru

Mundo

Rei da Jordânia por uma solução para o conflito israelense-palestino

02.02.2021
 
Rei da Jordânia por uma solução para o conflito israelense-palestino. 34841.jpeg

Rei da Jordânia por uma solução para o conflito israelense-palestino

Ramallah, 1 fev.(Prensa Latina) O rei Abdullah II da Jordânia advertiu que a paz e a estabilidade no Oriente Médio serão impossíveis de alcançar sem uma solução justa e completa para o conflito israelense-palestino, destacou hoje Wafa.

 

A causa palestina é fundamental para a Jordânia e continuamos apoiando nossos irmãos com todas as nossas forças e capacidades na busca pela conquista de seus direitos legítimos, insistiu o governante, citado pela agência de notícias.

Abdullah II defendeu a visão de dois Estados contíguos como saída do confronto, o que implicaria o estabelecimento de um território independente, soberano e viável para o dito povo árabe, nas linhas anteriores à guerra de 1967 e sua capital em Jerusalém Oriental, agência de notícias expandida que menciona declarações aos meios de comunicação em Amã.

Estamos empenhados - acrescentou - a envidar todos os esforços para reativar o processo de negociação entre as duas partes, na busca dessa perspectiva como única forma de alcançar uma paz justa, duradoura e completa.

Nos dias anteriores, os chanceleres do Egito, Alemanha, Jordânia e França exploraram formas de retomar o diálogo entre palestinos e israelenses durante reunião no Cairo.

Estamos constantemente em coordenação com eles, disse o rei Abdullah II da Jordânia.

A Liga Árabe realizará uma reunião de emergência no dia 8 de fevereiro para apoiar a causa promovida pelos habitantes da Faixa de Gaza e da Cisjordânia. Enquanto isso, o presidente palestino, Mahmoud Abbas, aguarda o apoio da Organização das Nações Unidas (ONU) para realizar uma conferência internacional, animado pelo interesse em retomar as negociações com o governo sionista.

Tal fórum deve ser baseado nas resoluções emitidas pela ONU que endossam a solução dos dois estados e declaram ilegais os assentamentos israelenses na Cisjordânia, enfatizou Abbas.

otf / ap / glmv

 

 

https://www.prensalatina.com.br/index.php?o=rn&id=38167&SEO=rei-da-jordania-por-uma-solucao-para-o-conflito-israelense-palestino