Pravda.ru

Desporto

Sul-americana: Candomblé uruguaio na vitória argentina – River Plate (UY) 0 x San Lorenzo (AR) 1 em Montevidéu

24.10.2009
 
Pages: 12

Para o Pablo Pintos, as comemorações não pararam no gramado, continuaram dentro do vestiário de San Lorenzo, pois o pai, Alfonso Pintos (pai) e o tio, Carlos «Bocha» Pintos, mais dos negros de sucesso no Carnaval uruguaio, ficavam no aguardo do parente-destaque.

Caso quiser conhecer bem mais da família Pintos, podem mergulhar no site do Bocha:

www.losmorochosproducciones.com

JOGO: RIVER PLATE (URUGUAI) 0 x SAN LORENZO DE ALMAGRO (ARGENTINA) 1

Estádio Centenario de Montevidéu - Uruguai

Data: Quinta 22 de Outubro de 2009

Hora: 19:30 – Temperatura: 12°C

ÁRBITROS: Wilmar Roldan (Central); Bandeirinhas: Wilson Berrio e Javier Camargo (todos da Colômbia); árbitro no plantão: Darío Ubríaco (Uruguai). Uniforme dos árbitros: Amarelo fluo.

Inspetor dos árbitros: Gustavo Gallesio (Uruguai); Vistoria da Confederação Sul-Americana de Futebol: Carlos Alfieri (Paraguai); Controle anti-dopagem: Dr. José Veloso (Uruguai).

ESCALAÇÃO RIVER PLATE: (01) Luciano Dos Santos (goleiro); (14) William Klingender; (04) Mauricio Prieto; (03) Ronaldo Conceição; (23) Sergio Bica; (06) Mario Rizotto; (13) Jorge «Japona» Rodríguez; (10) Jorge Zambrana; (17) Sergio Souza; (22) Jorge Córdoba e (24) Richard Porta. Uniforme do River Plate: Camisa listrada vertical vermelha e branca alternada, números, calção e meias pretas.

PLANTÃO: (12) Ernesto Hernández (goleiro); (08) Luis Torrecilla; (15) Gonzalo Porras; (20) Timshel Tabarez; (18) Diego Silva; (09) Federico Puppo e (05) Juan Manuel Ferrés.

TREINADOR CHEFE: Juan Ramón Carrasco – TREINADOR ADITO: Juan Carlos Carrasco.

ESCALAÇÃO SAN LORENZO: (22) Miglione (goleiro); (21) Pablo Pintos; (20) Carlos Aguirre; (02) Civelli; (06) Bottinelli; (03) Rivero (Capitão); (17) J. Torres; (05) Cristian «KIly» González; (07) Juan Carlos Monseguez; (15) Rovira e (19) Gómez. Uniforme do CASLA: Camisa azul, números, calção e meias brancas.

PLANTÃO: (12) Champagne (goleiro); (16) Martínez; (23) Reynoso; (18) Leiva; (14) Bordagaray; (03) Gonzalo Bazán e (09) Bernardo Romeo.

TREINADOR CHEFE: Diego «Cholo» Simeone; TREINADOR ADITO: Nelson Vivas.

ALTERAÇÕES: (60´) – (23) Reynoso x (05) Cristian González (SLO); (62´) – (03) Gonzalo Bazán x (07) Juan Carlos Monseguez (SLO); (68´) – (05) Juan Manuel Ferres x (17) Segio Souza (RP); (77´) - (18) Diego Silva x (14) William Klingender (RP); (86´) – (09) Federico Puppo x (24) Richard Porta (RP).

CARTÕES AMARELOS: (22´) Rivero (03 - SLO); (43´) Ronaldo Conceição (03 - RP); (53´) Jorge Rodríguez (13 - RP); (58´) Jorge Zambrana (10 - RP); (75´) Pablo Pintos (21 - SLO); (82´) Carlos Aguirre (20 - SLO) e (87´) Miglione (goleiro) (22 - SLO).

CARTÃO VERMELHO: (54´) J. Torres (17 - SLO).

GOL: 70´- (21 – SLO) – Pablo «Bochita» Pintos.

Fotos: 1 – Pablo Pintos (artilheiro da partida) e 2 - (de esq. á dir.) Carlos «Bocha» Pintos (tio do Pablo), Pablo «Bochita» Pintos e Alfonso Pintos (pai do Pablo), nos vestiários do San Lorenzo após a vitória.

Gustavo Espiñeira

Correspondente PRAVDA.ru

Montevidéu – Uruguai

Pages: 12

Fotos popular