Pravda.ru

Negόcios

Pandemia causou o colapso do comércio da América Latina em 2020

25.01.2021
 
Pandemia causou o colapso do comércio da América Latina em 2020. 34792.jpeg

Pandemia causou o colapso do comércio da América Latina em 2020

Santiago de Chile (Prensa Latina) A América Latina e o Caribe reduziram suas exportações em 13% em 2020 e as importações em 20, devido à pandemia de Covid-19, informou nesta sexta (22) a CEPAL.

Este órgão apresentou hoje seu relatório anual sobre Perspectivas de Comércio Internacional para a América Latina 2020 nesta capital, o que reflete que, em termos de comércio com o mundo, a região teve seu pior desempenho desde a crise financeira global que eclodiu em 2008.

Ao apresentar o documento, Alicia Bárcena, Secretária Executiva da Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe (CEPAL), considerou necessário 'aprofundar a integração para promover a recuperação regional'.

 

Nesse sentido, Bárcena destacou que o comércio intrarregional é o mais propício à diversificação produtiva, à internacionalização das empresas, principalmente de pequeno e médio porte, e à igualdade de gênero, mas sofreu forte retração na etapa analisada.

Ele insistiu que, para reverter essa situação, é importante avançar uma agenda compartilhada sobre facilitação do comércio, infraestrutura de transporte e logística e cooperação digital para gerar desenvolvimento regional em setores dinâmicos essenciais.

Bárcena considerou que a recuperação pós-pandêmica requer uma maior convergência entre os mecanismos de integração para superar a fragmentação do mercado regional e apoiar uma recuperação sustentável e inclusiva.

O relatório observa que a recuperação dos preços das commodities e o aumento da demanda nos Estados Unidos, China e Europa criam condições para uma lenta recuperação das exportações regionais desde o segundo semestre de 2020, mas sujeita a incertezas devido aos surtos de Covid-19 em vários países.

O estudo investiga pela primeira vez as desigualdades de gênero no comércio internacional e revela que em 2018, segundo informações de dez países da América do Sul e do México, uma em cada dez mulheres trabalhava em atividades ligadas à exportação, principalmente industriais têxteis e serviços como o turismo.

Mas a Covid-19 com o fechamento das fronteiras, as restrições à mobilidade e a queda do comércio impactaram os trabalhadores e empresárias vinculados justamente a esses setores, mais do que a outros.

Para contrariar esta situação, o relatório preconiza o fortalecimento da integração e complementação produtiva regional, garantindo a participação das mulheres nos ramos estratégicos de mudança estrutural com igualdade de gênero em um mundo pós-pandêmico.

Isso inclui, entre outras medidas, incorporar as disposições de gênero nos acordos e disciplinas comerciais, garantindo o acesso das mulheres ao crédito, às tecnologias e ao emprego em setores dinâmicos, afirma a CEPAL.

 

 

https://patrialatina.com.br/pandemia-causou-o-colapso-do-comercio-da-america-latina-em-2020/