Pravda.ru

Negόcios

Breves considerações sobre o Datafolha

01.04.2021
 
Breves considerações sobre o Datafolha. 35160.jpeg

Breves considerações sobre o Datafolha

Adilson Roberto Gonçalves

O Datafolha mostrou o que poderia ser uma discrepância entre os que sabem a tragédia que está sendo o desgoverno Bolsonaro (54%) e os que querem seu impeachment (46%). A diferença de 8%, que pode chegar a 12% pela margem de erro da pesquisa, é a parcela da população que quer Bolsonaro fora do poder, mas sabe que não será por meio do Congresso regiamente comprado. O perdão da dívida bilionária das igrejas faz parte deste pacote de bondades, forma moderna de comprar indulgência. Além disso, é o general Mourão que assumiria, mantendo a política desastrosa, já que o TSE covardemente não julga a impugnação da chapa que chegou à Presidência apenas porque propagou mentiras constantes e em série.

Em relação a Lula, a Folha também ignorou o fato de que grande parcela da percepção do eleitor contrária ao ex-presidente foi construída pela farsa de sua condenação, rotulados pelo jornal como "divididos". Agora que a suspeição de Sergio Moro foi finalmente explicitada pelo STF e o ex-presidente poderá ter um julgamento justo, veremos se a rejeição a Lula e ao PT se altera, desde que a imprensa não omita os novos cenários.

 

 

Adilson Roberto Gonçalves, membro do Instituto Histórico, Geográfico e Genealógico de Campinas, da Academia de Letras de Lorena e da Academia Campineira de Letras e Artes

 

Foto: Por Webysther - Obra do próprio, CC BY-SA 4.0, https://commons.wikimedia.org/w/index.php?curid=45540545