Pravda.ru

Sociedade » Mundo do Showbiz

Grande divórcio na família do Abramovich. Irina será a mulher mais rica do mundo

16.10.2006
 
Pages: 12
Grande divórcio na família do Abramovich. Irina será a mulher mais rica do mundo

Este poderá ser o divórcio mais caro da História. Roman Abramovich, de 40 anos, arrisca-se a perder metade da sua fortuna, avaliada em onze mil milhões de libras (16,22 mil milhões de euros), para a segunda mulher, Irina, de 39, com quem se casou com comunhão de bens, e mãe dos seus cinco filhos. O motivo é o alegado adultério do empresário com Daria Zhokova, de 23 anos.

Para acautelar o futuro, Irina Abramovich contratou dois dos melhores advogados británicos e, se sair vencedora do litígio, poderá ficar com metade da fortuna: 5,5 mil milhões de libras (8,11 mil milhões de euros), que ultrapassarão o recorde anterior, pertença de Sumner Redstone. O dono dos estádios Paramount divorciou-se e deixou a mulher mais rica em 1,4 mil milhões de euros.

O alegado romance de Roman Abramovich com Daria veio a público na edição de há uma semana do semanário News Of The World. Na altura, o empresário russo tentou impedir a publicação da história através de uma providéncia cautelar, negada em Tribunal.

O jornal avançou, então, com a colorida amizade entre os dois. Irina Abramovich não gostou do que leu e resolveu agir. Rumores davam o casamento como estando acabado e a ex-hospedeira terá visto o pretexto para avançar com o divórcio. Garante o News Of The World que a senhora Abramovich requisitou os serviços de uma das mais conceituadas firmas británicas de advogados a Sears Tooth e que o caso está agora nas mãos de dois dos maiores especialistas em divórcios: Raymond Tooth (o dono) e Nicholas Mostyn, que cobra 500 libras á hora e integrou a equipa que defendeu o ex-beatle Paul McCartney no divórcio de Heather Mills.

A acreditar nos entendidos, o duelo Abramovich não será fácil de resolver. O 11 homem mais rico do Mundo, segundo a revista Forbes, que raramente dá entrevistas e se recusa a falar dos seus negócios, deverá tentar o acordo extrajudicial para se afastar dos tribunais e tentar poupar alguns milhões. Se, como tudo indica, o matrimónio foi celebrado com comunhão de bens adquiridos, então Irina tem direito a metade da fortuna do marido. Irina é dura e percebe de negócios, e este será, com certeza, um caso complicado, já que Abramovich tem muitos bens, adiantou, a propósito, uma fonte ao jornal.

Se receber os mais de oito mil milhões de euros, Irina ficará na História como a mulher que mais ganhou com um divórcio, logo depois de Phyllis Redstone, que, em 2002, se contentou com os tais 1,4 milhões de euros depois de apanhar o marido com uma jovem manequim.

A seguir, na lista dos divórcios mais caros, surge o do negociante de armas Adnan Khashoggi que, em 1982, pagou 752 milhões de euros para se separar de Soraya. Metade disso (368 milhões) arrecadou Paloma Picasso quando se separou de Rafael Lopez-Cambil, com quem esteve casada 25 anos.

Em 2000, Pam Morgan tornou-se na británica mais rica graças aos 147,48 milhões de euros pagos pelo marido, o magnata da construção Steve Morgan. Por último, chega o cantor Neil Diamond, que deu metade da fortuna (65 milhões de euros) a mulher, Marcia.

O estatuto de uma das loiras mais influentes do Mundo para uma revista británica em nada se identifica com a personalidade de Irina Abramovich, considerada ainda mais discreta do que o marido. Aos 39 anos, a antiga hospedeira da companhia russa Airflot tem cinco filhos do milionário, cujas idades se situam entre os trés e os 13 anos.

Em 1991, conheceu Abramovich, porque era seu hábito coleccionar os cartões de visita dos passageiros. Na altura, o russo mal tinha dinheiro para comer e Irina foi, sem dúvida, o seu pilar. É viciada em compras (não resiste a Gucci, Prada e Armani) e muito amiga da ex-Spice Girl Geri Halliwell.

De Daria Zhukova pouco se sabe. Para os amigos, Dasha, de 23 anos, é uma simples manequim russa que já namorou com o tenista Marat Safin e que, alegadamente, terá ainda tido um caso com Freddie Windsor, filho dos duques de Kent. Mas é o pai quem lidera a popularidade. Alegadamente, Alexander Zhukov, de 51 anos, era o cabecilha de uma organização mafiosa que vendia armas aos croatas na guerra da Bósnia. O caso levou-o a passar, em 2001, seis meses numa prisão italiana, onde partilhou a cela com um ex-espião da KGB. Foi declarado inocente e hoje em dia vive numa magnífica penthouse, em Londres.

Milionário russo que se preze é casado em segundas núpcias, tem uma amante, conduz vários carros de luxo, tem iates e um jacto particular. Este é o retrato traçado por Lena Lenina, uma ex-modelo russa, no livro Multimilionários, em que descreve o perfil dos milionários russos da actualidade, a forma como vivem e gastam a fortuna. Lena escreve ainda que os ricaços têm sempre dinheiro para subornar políticos.

Os luxos que o milionário juntou ao longo da vida segundo “Correio de Manha”

1. Aviões: Possui dois Boeing, um 767, que custou 82,59 milhões de euros, e um Boeing Business, que ficou por 41,29 milhões de euros.
2. Lar: Abramovich comprou o Chelsea há três anos pelo equivalente a 206 milhões de euros. Tem sete casas pelas quais divide a sua existência.
3. ”Le grande bleu”: Equipado com heliporto, este iate é habitualmente usado pelos empregados de Abramovich. Preço: 60 milhões de libras (88,49 milhões de euros).
4. ”Pelorus”: Este iate tem vidros a prova de bala e um

Pages: 12

Loading. Please wait...

Fotos popular