Pravda.ru

Sociedade » Mundo do Showbiz

Halle Berry: Cor da pele é uma questão em conta em Hollywood

12.10.2007
 
Halle Berry: Cor da pele é uma questão em conta em Hollywood

A atriz Halle Berry, 41, diz que se sente frustrada por ainda ser obrigada a convencer os estúdios de sua capacidade como atriz, pelo fato de ser negra.

"Não importa que eu tenha um Oscar, um Emmy, um Globo de Ouro e um Urso de Prata", disse Berry em entrevista em um hotel em Manhattan para promover seu novo filme, "Coisas que Perdemos pelo Caminho", escreve Reuters.

"Eu não deveria ser obrigada a me esforçar tanto para ser reconhecida. Eu deveria poder parar de convencer os estúdios de que sou a pessoa certa para o papel -- isso deveria ser aceito, com base em meu mérito como atriz", disse ela.

Halle Berry foi a primeira mulher negra a receber um Oscar de melhor atriz, em 2002, por "A Última Ceia".

Em seu trabalho mais recente, ela faz o papel de uma viúva que convida um amigo de seu marido para viver com ela e seus dois filhos. Ela o ajuda a superar a dependência de heroína, enquanto o amigo, representado por Benicio Del Toro, a ajuda a refazer-se da morte de seu marido

Berry disse que a primeira pergunta que fez à diretora do filme, a dinamarquesa Susanne Bier, foi: "Você se incomoda com o fato de eu ser negra? Porque isto não foi escrito para uma negra. Acho que isso pode ser um problema aqui".

Ela disse que Bier respondeu: "Ao inferno com sua cor -- isso não interessa".

Mas Bier foi uma exceção. De acordo com Halle Berry, no mundo do cinema "a cor da pele é sempre uma questão levada em conta -- se bem que isso esteja mudando pouco a pouco".

O novo longa estréia nos cinemas norte-americanos em 19 de outubro.


Loading. Please wait...

Fotos popular